close
logorovivo2

Embarcações devem diminuir a carga para poder navegar no Madeira

Embarcações devem diminuir a carga para poder navegar no Madeira

DA REDAÇÃO

30 de Agosto de 2007 às 12:31

Embarcações devem diminuir a carga para poder navegar no Madeira

FOTO: (Divulgação)

*O nível do rio madeira é o menor nos últimos 37 anos. O mínimo que o rio já havia atingido até este ano era de 1,99m em pontos críticos. No último domingo(28) o nível chegou a 1,98m, na segunda (29) a 1,95m e hoje a 1,96m. *O calado máximo das embarcações deve marcar 1,5m, alerta o delegado da Delegacia Fluvial de Porto Velho, Comandante Carlos Eduardo Francisco Guimarães, ?dessa forma as embarcações podem garantir mínimo de 40cm de flutuação no rio?. *Quando a navegabilidade do rio está normal, o calado máximo das embarcações é 2,5m. Com a seca do rio a redução da carga deve chegar em até 50%, acredita o delegado. *Nos últimos 30 dias, já aconteceram sete acidentes no Madeira. Dois, foram causados por encalhe em bancos de areia, os demais, por causas diversas tipo colisão de embarcações. *O comandante, afirmou que no dia 28 de julho, fez uma reunião com os representantes das empresas de navegação e turismo comunicando que assim que o nível do rio atingisse os 4 metros as navegações noturnas estariam proibidas. *?A navegação durante o dia já é perigosa, pois como o nível da água diminuiu bastante, fica muito difícil fazer uma manobra, à noite é quase impossível navegar?, afirmou o delegado. *Após essa reunião, o comandante já enviou fax e ofícios às empresas, cooperativas e associações informando do baixo nível do rio, dos locais críticos e das possíveis multas se acontecer algum acidente que cause danos ao meio ambiente. *Caso alguma embarcação encalhe e ocasione vazamento de óleo, a multa pode chegar até a R$ 50 milhões. *Pontos críticos *Os pontos considerados mais críticos do Madeira são as localidades de: *- Belmont; Tamanduá, Ilha dos Mutuns (próxima a São Carlos); enseada Capitari, Curiaçãs, Pombal, Abelhas, Papagaios e Três Casas (próximos à humaitá); Marmelo; Uruá e Uruazinho.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS