close
logorovivo2

Atividade da apicultura atrai jovens em Rolim de Moura

Atividade da apicultura atrai jovens em Rolim de Moura

DA REDAÇÃO

27 de Maio de 2007 às 12:31

Atividade da apicultura atrai jovens em Rolim de Moura

FOTO: (Divulgação)

*A apicultura é uma atividade ecológica que agrega mais renda ao pequeno produtor evitando o êxodo rural. O governo, através da Secretaria de Estado da Agricultura/Seapes, em parceria com a Emater e a Associação dos Apicultores de Rolim de Moura o vem dando apoio a essa atividade. *Hoje quem mais está aderindo à atividade é o jovem que pode até ter o seu próprio negócio através da apicultura comercializando o mel, a própolis e o pólen. *No município de Rolim de Moura o Projeto de Desenvolvimento Apícola para o Estado vem sendo coordenado pelo técnico e apicultor Moacir Ferreira Lima que trabalha com abelhas há 18 anos e tem larga experiência no assunto. Segundo Moacir, a abelha tem um papel fundamental em diversas atividades além de trazer maior benefício ao meio ambiente. ?A maioria das plantas depende da abelha para polinização. Isso faz com que haja um aumento da produção de grãos em até100% em algumas plantas?, diz o coordenador do Projeto. No caso do café, atividade de grande expressão na região de Rolim de Moura, o aumento de produtividade varia entre 17% à 40%. *A opção pela atividade apícola, segundo Luiz Cláudio (Seapes) deve-se a vários fatores, entre os quais pode se destacar o baixo investimento por parte do produtor já que a abelha aproveita o que há na natureza não necessitando de investimentos em sementes, agrotóxicos ou adubação), a mão-de-obra pode ser estritamente familiar, o espaço para cultivo é pequeno e não há necessidade de ser proprietário. Para melhorar a alimentação da abelha a Seapes implantou ainda, uma área experimental de girassol contribuindo assim para o aumento da polinização e produção de mel. Só na região de Rolim de Moura existem hoje 400 colmeias produzindo. Em 2004 a produção de mel fechou em 14 toneladas. Para este ano a meta é ampliar para 20 toneladas e aumentar o número de colmeias até 2006 em 30 à 50%.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS