close
logorovivo2

Prefeitura de Porto Velho assina convenio de R$ 10 milhões na Caixa Econômica

Prefeitura de Porto Velho assina convenio de R$ 10 milhões na Caixa Econômica

DA REDAÇÃO

26 de Maio de 2007 às 11:50

Prefeitura de Porto Velho assina convenio de R$ 10 milhões na Caixa Econômica

FOTO: (Divulgação)

*O prefeito Roberto Sobrinho, de Porto Velho, acaba de assinar na Caixa Econômica Federal convênio no valor de R$ 10 milhões destinado a ações de urbanização da região de moradias precárias à margem do Rio Madeira. *“Esta é um importante resultado do empenho da senadora Fátima Cleide e do deputado Eduardo Valverde junto ao Ministério das Cidades para trazer melhorias na infra-estrutura de nossa cidade”, declarou o prefeito, lembrando que os parlamentares, desde a gestão do então ministro Olívio Dutra, têm feito um trabalho permanente de articulação com o Ministério para obter benefícios nas áreas de saneamento, habitação e transportes. *Os recursos do convênio assinado são provenientes do Fundo Nacional de Habitação de Interesse Social(FNHIS), cuja existência é marco da gestão do Presidente Lula porque o Fundo resulta de um projeto de lei de iniciativa popular que tramitava há mais de 10 anos no Congresso. *“Foi na gestão do então ministro Olívio Dutra, aberta à participação do movimento social pró-moradia, que a proposta de lei, inédita, de iniciativa popular, ganhou respaldo do governo Lula, criando-se então o Fundo”, registra a senadora Fátima. *O convênio integra a lista de liberações que estão sendo feitas para outros 137 municípios do Brasil, selecionados mediante projetos apresentados junto ao Programa de Urbanização de Assentamentos Precários, operacionalizado pela Secretaria Nacional de Habitação, do Ministério das Cidades. “Apresentamos o projeto em tempo hábil, e Porto Velho se constitui o único município de Rondônia que está no Programa de Urbanização de Assentamentos Precários”, comemora o prefeito Roberto Sobrinho. *Serão destinados este ano pelo governo federal, atendendo este Programa, R$ 890 milhões, oriundos do FNHIS. O investimento vai financiar 186 projetos de moradia popular.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS