close
logorovivo2

IGA: De olho no mercado, Instituto de Gastronômia das Américas chega a Porto Velho

Estão sendo oferecidos dois cursos de gastronomia profissional para adultos e um para crianças, na faixa etária dos 8 aos 15 anos

EMÍLIA ARAÚJO - RONDONIAOVIVO

15 de Janeiro de 2019 às 16:45

IGA: De olho no mercado, Instituto de Gastronômia das Américas chega a Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

Com a área da gastronomia em ampla expansão em Rondônia, o Instituto de Gastronomia das Américas (IGA) aporta em Porto Velho de olho nesse mercado. O instituto está presente em cinco países – Argentina, onde foi fundado em 2001, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Brasil. No Brasil está há 10 anos – já são mais de 50 escolas franqueadas.

 

A inauguração ocorreu na quinta-feira (10/01). O instituto está localizado na Avenida Carlos Gomes, 1968, subesquina com Salgado Filho.

 

Inicialmente, estão sendo oferecidos dois cursos profissionais com duração de dois anosgastronomia e confeitaria.  No primeiro ano, o aluno aprende as técnicas base da gastronomia e, no segundo, ele utiliza essas técnicas na cozinha internacional.

Já após concluir o primeiro ano o aluno se certifica como cozinheiro profissional e no segundo ano sairá com a certificação de gastronomia e alta cozinha.

 

 São quatro horas de aulas práticas uma vez por semana na cozinha profissional do IGA, que tem capacidade para atender 400 alunos. Tem ainda mais duas horas de aulas teóricas online. As turmas são disponibilizadas na parte da manhã, tarde e noite.

 

Idade exigida

 

A idade mínima para participar é 18 anos. Essa exigência se faz necessária, segundo Patrícia, porque na grade curricular existe a degustação de bebidas alcóolicas – vinhos, cervejas, etc.

“Só abriremos exceção para a participação de pessoas abaixo dessa idade se os pais assinarem documento se responsabilizando – mas o menor já vai ciente de que não fará degustação das bebidas”, alertou Patrícia.

Estágio - exterior

 

Ela explicou que a pessoa que se forma no Instituto está preparada para trabalhar em qualquer cozinha internacional. “Como temos esse padrão internacional, os alunos do IGA que se destacam têm estágio remunerado na França e na Espanha, após concluir o curso profissional avançado”.

 

Competição

 

Para incentivar ainda mais os alunos, a escola promove o Interiga com a participação de três alunos pré-selecionados em cada uma das escolas dos cinco países. A competição acontece em Campinas – todas as despesas dos participantes são pagas pelo IGA.

 

Demanda

 

Formada em Contabilidade, Patrícia fez o curso de gastronomia por mera curiosidade – ficou apaixonada. “Quando conheci a metodologia de trabalho do IGA, fiquei encantada”, disse.

 

A planejar a escola, ela acreditou que a procura maior seria por pessoas interessadas em cozinhar apenas por hobby, mas se enganou. “Estou surpresa com a demanda de clientes que estão se inscrevendo para se profissionalizar”, observou.

 

Para ela, cozinhar deixou de ser algo que se fazia apenas para saciar a fome, e se transformou em uma arte, em uma paixão, pois o ato de cozinhar remete a momentos agradáveis em família, com os amigos.

 

Crianças

 

O IGA está com matrículas abertas também para o curso de gastronomia para crianças na faixa etária dos 08 aos 15 anos. Em abril, inicia o Chef Express para atender pessoas (adultos) que querem cursos rápidos.

 

Serviço:

 

Informações (69) 9.9228-6162

 

Texto:Emíl

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS