close

INSPIRAÇÃO: Atleta com Síndrome de Down compõe equipe que venceu Mundial de Karatê

Os alunos, que treinam sem tatame e em local improvisado, mostraram garra e dedicação ao esporte

ASSESSORIA

29 de Outubro de 2019 às 10:03

INSPIRAÇÃO: Atleta com Síndrome de Down compõe equipe que venceu Mundial de Karatê

FOTO: (Divulgação)

Atletas de uma escola pública de Vilhena foram destaques entre 350 competidores de onze Estados e da Colômbia, que se reuniram em Porto Velho, entre os dias 24 e 26, em disputa internacional de BWSKG Karatê World. Os karatecas da  escola rural Tenente Melo, conquistaram, no ginásio de esporte Claudio Coutinho, na capital, 31 medalhas e garantiram o troféu de primeiro lugar em equipe, para orgulho dos vilhenenses.


 
Os alunos, que são estudantes da escola rural no distrito de São Lourenço, a 55 km de Vilhena, conhecem e praticam o esporte há seis meses, através de um projeto social desenvolvido na unidade de ensino. Já participaram de outras competições, mas esta foi a terceira disputa e tem um detalhe especial: como os alunos não tinham condições de irem para a competição, realizaram uma campanha e tiveram o apoio de empresários e amigos.


 
Os alunos, que treinam sem tatame e em local improvisado, mostraram garra e dedicação ao esporte. Trouxeram da disputa 19 medalhas de ouro, 6 de bronze e 6 de prata. “Tínhamos confiança, falamos que poderiam acreditar que voltaríamos com medalhas, aí está o resultado: é muito orgulho e gratidão! Orgulho dessas crianças que se esforçam tanto e gratidão por todo o apoio que recebemos”, destacou a professora Ana Laura Royer, diretora da escola.


 
Eu gostei muito, maravilhoso. Somos uma equipe de ouro!”, comemorou a aluna Amanda dos Santos, 13 que, junto com os colegas, agradeceu as famílias por acreditarem neles. Também ao sensei João, professora Ana e a prefeitura de Vilhena, através do prefeito Eduardo Japonês (PV) pelo apoio. “Foi a melhor experiência”, concluiu Amanda.

 


 
ESPORTE É INCLUSÃO

 


O esporte prova mais uma vez que é inclusão, e os karatecas da equipe Tenente Melo sabem bem disso. Eles contam com uma atleta especial: Marya Rosa Royer, de 09 anos, que é Down. Ela já havia participado de competição no mês de agosto e garantido sua primeira medalha de ouro em disputa na cidade Ji-Paraná. Mas, nesta, ela trouxe duas medalhas e o troféu de primeiro lugar com a equipe. “Gostei muitão. Ganhei medalha de ouro e prata”, contou a pequena, em mensagem à equipe.


 
A emoção de ver ela competir não tem explicação. É muito orgulho ver o esforço e mérito dela. Ela nos surpreendeu! E foi lindo ver todo o carinho da organização e dos outros atletas presentes no Mundial, que também se emocionaram com ela”, contou o sensei João Sabino, 21, que é voluntário e desenvolve o projeto na escola.

 


 
A VIAGEM


Os estudantes foram surpreendidos, após a competição, com a oportunidade de conhecerem a Capital. E o coronel aviador Paulo Cezar Fischer, Comandante da Ala 6 e Comandante da Base Aérea de Porto Velho, fez convite pessoal para que a equipe Tenente Melo conhecesse a unidade. Na visita, nesta segunda-feira, 28, o comandante parabenizou o desempenho e dedicação dos atletas e também apresentou as oportunidades de carreira na aeronáutica.


 
Além de conhecerem pontos turísticos na capital, os alunos ainda visitaram a Assembleia Legislativa e participaram de sessão. Também fizeram passeios, o que foi agradecido pela pequena Yasmim da Silva, 10. “Conhecemos o shopping, o Rio Madeira e tantos outros lugares que nem imaginávamos. Agradecemos quem contribuiu. Foi tudo maravilhoso!”, finalizou Yasmim.
 
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS