close

EVENTO: Pretinha será uma das palestrantes do CBF Social em Porto Velho

"Teremos a honra de contar com uma das atletas mais vencedoras da Seleção Brasileira Feminina e com isso abrilhantar o evento em nossa cidade", destacou o dirigente

FUTEBOL DO NORTE

17 de Outubro de 2019 às 09:04

EVENTO: Pretinha será uma das palestrantes do CBF Social em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

O CBF Social chega a Porto Velho no período de 11 a 13 de novembro com destaque ao futebol feminino. Uma das palestrantes do evento será a exjogadora da Seleção Feminina e integrante do Conselho de Craques da CBF, Pretinha. A informação foi confirmada pelo presidente da FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia), Heitor Costa.

 

"Teremos a honra de contar com uma das atletas mais vencedoras da Seleção Brasileira Feminina e com isso abrilhantar o evento em nossa cidade", destacou o dirigente.

 

A ação tem o apoio da FFER e terá um festival para meninas de 14 a 19 anos. O CBF Social é departamento exclusivo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para fomentar ações de responsabilidade social por meio do esporte.

 

Na segunda-feira (11/11) ocorre a abertura com o Seminário CBF Social de Futebol Feminino no Auditório da Conselho de Medicina do Estado de Rondônia (CREMERO), situado na avenida dos imigrantes, 3414, no bairro Liberdade.

 

Na terça-feira (12/11) ocorre seletiva para captação de talentos de meninas de 14 a 19 anos será realizada com a observação de profissionais de clubes no estádio Aluízio Ferreira. Na quarta-feira (13/11) haverá o festival para cerca de 150 meninas entre 9 a 13 anos também no Aluizão.

 

Pretinha

 

Delma Gonçalves, mais conhecida como Pretinha, tem 44 anos e fez carreira na Seleção Brasileira Feminina, onde jogou entre 1991 e 2014 e participou de quatro Copas do Mundo e quatro Olimpíadas.

 

Pretinha participou da criação da liga norte-americana de futebol feminino, em 2001, pelo Washington Freedom. No ano seguinte foi para o San Jose Cyber Rays, não conseguiu o título e a liga foi extinta no ano seguinte. Uma grave lesão no joelho a impediu de disputar o último ano da WUSA e o Mundial de 2003. Atuando pela seleção brasileira, foi vice-campeã olímpica e artilheira em Atenas 2004.

 

A ex-atleta foi duas vezes medalhista de prata nos Jogos Olímpicos (2004 e 2008). Além disso fez parte da campanha de ouro da Seleção Brasileira Feminina nos Jogos PanAmericanos do Rio de Janeiro em 2007.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS