close
logorovivo2

LUTO NO BASQUETE: Referência do basquete feminino no Brasil morre Lais Elena aos 76 anos

Uma das maiores responsáveis pela sucesso da modalidade lançando nomes como Janeth, Magic Paula e Hortência.

DA REDAÇÃO

12 de Março de 2019 às 17:51

LUTO NO BASQUETE: Referência do basquete feminino no Brasil morre Lais Elena aos 76 anos

FOTO: (Divulgação)

 

Ao se aposentar como jogadora, foi a pessoa por trás da mais longeva equipe feminina do país, em Santo André, no ABC Paulista. Lais, que completou 76 anos na segunda-feira (11), estava internada na UTI do Hospital Brasil, em Santo André. Ela lutava contra um câncer de mama, sofreu uma convulsão na sexta-feira e, desde então, estava internada em quadro estável.

Lais Elena foi armadora de destaque na seleção brasileira entre as décadas de 1960 e 1970. Ganhou cinco títulos sul-americanos e foi protagonista de dois dos grandes feitos do basquete brasileiro feminino em todos os tempos: o ouro no Pan de 1967 (primeiro título pan-americano do país, quatro anos antes dos homens) e o bronze no Mundial de 1971, disputado no Ibirapuera.

 

Em clubes, defendeu o Corinthians, mas fez história mesmo no Santo André, onde jogou por 11 anos. Em 1976, assumiu como técnica da equipe da base da cidade, oito ano antes de começar a comandar o time principal, sempre ao lado de fiel assistente, Arilza Coraça. Com Lais à frente da equipe, Santo André foi o único time a sobreviver aos altos e baixos da modalidade.

 

Sob o comando dela, a equipe do ABC ganhou o Brasileiro de 1999 e a primeira edição da Liga de Basquete Feminino (LBF), em 2011. Revelou, entre outras, Janeth e Helen.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS