close
logorovivo2

PREPARO: Estrelas de RO realizaram curso de iniciação de ginástica rítmica em Guajará-Mirim

Objetivo do curso é incentivar o esporte no município. Rondônia possui poucas atletas na ginástica rítmica.

GE

5 de Novembro de 2018 às 08:51

PREPARO: Estrelas de RO realizaram curso de iniciação de ginástica rítmica em Guajará-Mirim

FOTO: (Divulgação)

Ginastas e professores de educação física da equipe Estrelas de Rondônia de Porto Velho, trouxeram à Guajará-Mirim-RO uma clínica de iniciação de ginástica rítmica, no último sábado, 3. Objetivo do curso é trazer o esporte para o município.

 

Para incentivar a prática da ginástica rítmica, a equipe Estrelas de Rondônia chegou em Guajará com a ginasta Maria Eduarda, hexa campeã dos jogos escolares, e uma equipe de profissionais. O curso de iniciação a ginástica rítmica começou no último sábado, 3, no ginásio da escola Simon Bolívar e terminou neste domingo, 4.

 

-Nós viemos apresentar a clínica de ginástica rítmica aqui para Guajará-Mirim. O objetivo da clínica é mostrar o que é ginástica rítmica, ensinar os movimentos para que tenham mais pessoas trabalhando com a modalidade no estado de Rondônia. O intuito é que apareça a primeira escolinha de ginástica rítmica. Porquê a modalidade já está inserida nos jogos escolares, mas tem cinco municípios no máximo que trabalham e tem poucas meninas participando dos jogos escolares- disse Francimeire Lavareda, professora de educação física.

 

A ginasta Maria Eduarda também comentou sobre o projeto.

 

-Eu tô achando muito bom, pelo fato de estar trazendo a ginástica rítmica para outras cidades, porquê antigamente era só em Porto Velho. Eu acho que é bom essa disseminação para outras cidades e outros estados, também. É muito bom sim, pra gente ter uma representatividade fora daqui- disse.

 

O esporte oferece muitos benefícios a quem pratica, segundo a professora de educação física, Francimeire Lavareda, além melhorar a saúde e o desenvolvimento corporal, a ginástica melhora a disciplina das atletas.

 

A clínica de iniciação é um curso básico de ginástica rítmica, já que no quesito coreografia é necessário uma árbitra da Confederação Brasileira de Ginástica.

 

-O curso só demonstra o manejo dos aparelhos e a parte artística que tem que ter. Na coreografia existe a parte das regras e isso já é um outro curso. É um curso de arbitragem, ai tem que vir uma árbitra da CBG para poder ministrar o curso- explica Francimeire.

 

A ginástica rítmica é um esporte que combina a dança com movimentos coordenados, os praticantes do esporte utilizam: bolas, arcos, fitas, maças e cordas. Durante a apresentação, a atleta precisa combinar movimentos corporais, manuseio de instrumentos e acompanhamento musical.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS