close
logorovivo2

FINAL: Jogos Escolares serão encerrados com lutas de karatê

Durante seis dias o Joer mobilizou em Vilhena 1533 atletas de 251 escolas públicas e privadas de 44 cidades

SECOM

16 de Outubro de 2018 às 09:04

FINAL: Jogos Escolares serão encerrados com lutas de karatê

FOTO: (Secom)

As lutas do karatê finalizaram na manhã desta terça-feira (16) a etapa estadual dos Jogos Escolares de Rondônia (Joer), que classifica alunos-atletas para os Jogos Escolares da Juventude (JEJ), de 12 a 25 de novembro, em Natal (RN). As lutas aconteceram no ginásio de esportes Jorge Teixeira. Durante seis dias o Joer mobilizou em Vilhena 1533 atletas de 251 escolas públicas e privadas de 44 cidades reafirmando o maior esporte esportivo escolar.

 

A competição, para estudantes masculinos e femininos infantis (12 a 14 anos) e juvenis (15 a 17 anos), foi disputada em 11 esportes individuais distribuídos em dois grupos, a exemplo do praticado pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

 

Os primeiros classificados foram nas modalidades do atletismo, xadrez, judô, taekwondo e ginástica rítmica. Em seguida subiram ao pódio, os atletas do ciclismo, vôlei de praia, natação, badminton, tênis de mesa e karatê. A listagem com todos os classificados deverá ser divulgada ainda essa semana pelos organizadores.

 

 

De Ariquemes, o ciclista juvenil Orlando Neto, da escola estadual Ricardo Catanhede, garantiu a vaga para o brasileiro em Natal. No feminino juvenil, a vilhenense Fernanda Almeida Ramos, da escola estadual Paulo Freire, também assegurou a vaga e vai competir pela primeira vez fora de Rondônia e em competição nacional.

 

O que eles também têm em comum além da classificação é a vitória sobre dois experientes atletas do ciclismo. Orlando Neto venceu Vitor Pompeu, que foi medalha de ouro no JEJ em Curitiba (PR) no ano passado, pela categoria infantil e este ano estreou no juvenil. “É muito gratificante. Esse pódio é a resposta de muito treino e comprometimento com o esporte”, disse Orlando Neto.

 

“Foi bem difícil a prova, mas consegui e estou muito feliz”, comemorou Fernanda Ramos, logo após vencer Alice Santos, de Ariquemes. “Perdi a concentração no final da prova. Ano que vem volto ao Joer com força total”, disse Alice, da escola estadual Anísio Teixeira, que representou Rondônia em João Pessoa (PB) e Brasília (DF) em 2016 e 2017, respectivamente.

 

Katriely Piedade Cinta Larga, da escola estadual Bernardo Guimarães, em Cacoal, venceu as provas de nado peito de 50 e 100 metros cada. “Ano passado não ganhei medalha em Curitiba (PR). Este ano quero fazer bonito”, anima-se a atleta que está no primeiro ano da categoria juvenil. A delegação de natação de Porto Velho foi a maior no Joer, com 30 atletas. “Conquistamos a maioria das vagas”, comemorou o técnico, o professor Paulo Siqueira.

 

 

O técnico da natação da delegação de Jaru, professor Leonardo Dantas, disse que apesar de nenhum dos 11 atletas terem se classificado o resultado da participação no Joer foi satisfatória.

 

“Beliscamos três medalhas de bronze. Isso é muito importante para nós porque a natação ainda é bem incipiente em Jaru. A partir de agora vamos desenvolver um trabalho em longo prazo visando o Joer de 2019”, falou o técnico Leonardo.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS