close
logorovivo2

Com saída de Batizoco, Ji-Paraná fecha com Karmino Colombini

O novo treinador já deve chegar na cidade nesta terça-feira (20), trazendo consigo o seu auxiliar técnico para assumir os trabalhos a frente do Ji-Paraná

FUTEBOL DO NORTE

20 de Março de 2018 às 08:48

Com saída de Batizoco, Ji-Paraná fecha com Karmino Colombini

FOTO: (Alexandre Almeida)

Agora é oficial, Tiago Batizoco não é mais o treinador do Ji-Paraná Futebol Clube. Em nota oficial, Tiago comunicou o seu desligamento do clube, que já anunciou a contratação de Karmino Colombini, de Goiás e que deve assumir o comando do Jipa já para o jogo do próximo sábado (24), contra o Barcelona, pela última rodada do Primeiro Turno do Campeonato Rondoniniese 2018.
 

Balançando no cargo já há algumas semanas em decorrência dos resultados obtidos em campo pelo Ji-Paraná FC na temporada, Tiago Batizoco não resistiu mais a frente do clube a pós derrota de sábado (17) por 2 x 1 frente o Genus, em Porto Velho. Ainda no vestiário do Aluízio Ferreira ouve um ensaio sobre a negociação da saída do treinador, pelo desconforto de ambas as partes.



A conversa foi adiada para o dia seguinte. No domingo (18), as partes iniciaram a busca por um acordo no rompimento de contrato e depois de alguns ajustes, as partes chegaram a um entendimento. Batizoco emitiu nota oficial comunicando seu desligado do clube, agradecendo o apoio que teve da diretoria e lamentando o insucesso do seu trabalho.



De imediato, a diretoria tratou de pesquisar o mercado, chegando ao nome de Karmino Colombini, que estava trabalhando no futebol de Goiàs. O novo treinador já deve chegar na cidade nesta terça-feira (20), trazendo consigo o seu auxiliar técnico para assumir os trabalhos a frente do Ji-Paraná.



Perfil do novo treinador

Nelson Colombini Filho, o ex-goleiro Karmino Colombini, passou por equipes como Santo André, Bragantino, Comercial de Ribeirão Preto e Goiânia nas décadas de 1970 e 1980. Após encerrar a carreira, tornou-se treinador. Começou na nova função em Goiás, passou depois pelos Emirados Árabes Unidos, foi vice campeão da Copa São Paulo de Juniores pelo Palmeiras em 2002 e, em 2008, assumiu o comando do Rio Claro, do interior paulista.



No Campeonato Brasileiro de 2002, ele dirigiu o time principal do Palmeiras no empate em 2 a 2 com o Coritiba. Flávio Murtosa havia deixado o clube. Em seguida, Levir Culpi assumiu o Alviverde.



Karmino conta que passou a ser chamado desta forma em seu primeiro treino como goleiro do Santo André, no final da década de 70. Um dos atletas da equipe o chamou de Karmino e o apelido pegou. Na sequência, quando tornou-se treinador, acrescentou Colombini ao nome.



Revela também que encerrou a carreira de jogador no Goiânia e, na sequência, fui convidado a ser treinador do clube. Em 2006, foi campeão goiano pelo Vila Nova. Em 2008, antes de chegar ao Rio Claro, trabalhou no Botafogo de Ribeirão Preto.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS