close
logorovivo2

Camargo Corrêa recebe atleta Hexacampeão

Camargo Corrêa recebe atleta Hexacampeão

DA REDAÇÃO

30 de Maio de 2012 às 09:11

Camargo Corrêa recebe atleta Hexacampeão

FOTO: (Divulgação)

O rondoniense Marcel Barroso conquista três medalhas na Fase Regional Centro Leste do Circuito Brasil Paraolímpico de Atletismo e Natação.

O recordista brasileiro na prova de lançamento de dardo da classe F-46 (amputação de membros superiores), Marcel da Silva Barroso, conquistou o Hexacampeonato Brasileiro da categoria.
Marcel participou da Fase Regional Centro Leste do Circuito Brasil Paraolímpico de Atletismo e Natação em Brasília, de 17 a 20 de Maio. Em todas as categorias que disputou ele foi medalha: foi ouro na prova de lançamento de dardose bronze nos 100 metros rasos e no salto em distância, categoria que participou pela primeira vez.
“Estou muito contente. Foram três medalhas, além do ouro, o bronze na categoria que competi pela primeira vez. Foi muito bacana. Receber medalha e ser recebido com festa na empresa é realmente sinal de dever cumprido. Agradeço a todos que torceram por mim e em especial ao Luiz Carlos Lino e a Cristiane Tessaro que trabalham comigo e me apoiaram muito e também ao técnico Silvio Roberto, que me acompanhou nos treinos e foi decisivo no momento das provas”, salienta Marcel, que recebeu seu primeiro patrocínio para competição vindo da Construtora Camargo Corrêa, empresa que trabalha.
O atleta lidera o ranking nacional da categoria e esta vitória o classifica para participar da próxima etapa, a Fase Nacional Circuito Brasil Paraolímpico. “Estou trabalhando muito para conseguir uma boa classificação na Fase Nacional, pois meu objetivo é a Paraolimpíada” comenta o atleta, que se classificado na Fase Nacional, garante uma vaga na seleção do Paraolímpico que acontecerá em Londres ainda este ano.
Sobre o paraatleta
Marcel nasceu sem uma das mãos, mas sempre executou todas as atividades que os colegas da mesma idade eram capazes de realizar. O apaixonado por esportes começou a praticar Taekwondo em 2000, e em 2005 foi convidado pelo atual técnico da Entidade Rondônia Clube Paraolímpico – RCP, Silvio Roberto, para conhecer o atletismo e encarar as competições. Desde então, este paraatleta coleciona vitórias e se dedica intensamente aos treinos.
É recordista brasileiro na prova de lançamento de dardo da classe F-46 (amputação de membros superiores), batendo seu próprio recorde de 36,98 metros, além e Hexacampeão Brasileiro de lançamento da categoria.
Entenda as categorias do paraolímpico
Nas paraolimpíadas os competidores são divididos em categorias, de acordo com o tipo de sua deficiência. Cada categoria possui um prefixo, sendo representado por uma letra do alfabeto. O “F” é relativo à palavra em inglês “field”, que significa esporte de campo. Essas categorias são subdivididas em números:
·         De 11 a 13 são reservadas para deficientes visuais
·         20 para atletas com deficiência intelectual
·         32 a 38 para portadores de paralisia cerebral (sendo 32 a 34 para atletas em cadeira de rodas, e 35 a 38 para ambulantes),
·         40 a 46 para amputados e les autres 
·         51 a 58 para amputados e paraplégicos que correm em cadeira de rodas.
Em todos os casos, quanto maior o número da classe, menor é o grau de deficiência.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS