close
logorovivo2

RALLY DA AMAZONIA - 500 km de velocidade marcam segundo dia de prova em Rondônia

O catarinense Aristides Mafra continua na liderança, cravando na especial de 359km o tempo de 4:48:53. Neste domingo (19), apenas 205 km, com uma Especial de 116 km no trecho entre o balneário do Rio Preto e o distrito de Triunfo

DA REDAÇÃO

18 de Junho de 2011 às 18:57

RALLY DA AMAZONIA - 500 km de velocidade marcam segundo dia de prova em Rondônia

FOTO: (Divulgação)

Um dia quente, longo e exaustivo marcou a 2ª etapa do II Rally da Amazônia neste sábado (18) em Porto Velho, com pilotos e equipes percorrendo cerca de 500 quilometros em velocidade dentro da região da Floresta Nacional do Bom Futuro.
 
Às seis da manhã, 23 pilotos deixaram o estacionamento do Porto Velho Shopping para um deslocamento inicial de 200 km para a largada da Especial, que teve 359,17 km de extensão, passando pelo município de Alto Paraíso, indo até o distrito de Rio Pardo, finalizando na BR 364, no distrito de Jacy Paraná.
 
No inicio do trecho cronometrado , logo nos primeiros 45km, o terreno permitiu aos pilotos”enrolarem o cabo”. Na sequencia entraram em estradas secundarias de media velocidade, deliciosas de acelerar, bem técnicas, passando por algumas áreas de floresta e alternando com grandes fazendas. Estradas em pessimo estado, com muitas erosões e pontes com vão central testaram a técnica dos pilotos. Por volta do km 90 foi realizado o abastecimento.
 
A partir daí, começou o percurso na Floresta Nacional do Bom Futuro. Estradas de media velocidade em meio a “túneis”, escondidos embaixo do tapete verde da fabulosa floresta e suas arvores centenárias. Um lugar de visual incrível que os pilotos do sul/sudeste desconheciam. Digno de foto.
 
O catarinense Aristides Mafra continua na liderança, cravando na especial de 359km o tempo de 4:48:53. O mineiro Dario Julio que ficou na segunda colocação da 1ª Especial ( sexta) não teve sorte e um pneu furado no KM10 tirou o piloto da zona de premiação.
 
A segunda colocação ficou com o piloto Marco Antonio com tempo 04:49:27. Na terceira colocação o paulista Dimas Mattos, seguido por Ramon Sacilotti. Com o quinto melhor tempo o rondoniense Luiz Fernando está fazendo um excelente rally e escreve seu nome na galeria dos grandes pilotos do Brasil.

 

DOMINGO 

Neste domingo (19), apenas 205 km, com uma Especial de 116 km no trecho entre o balneário do Rio Preto e o distrito de Triunfo fecham o evento de nível brasileiro A . Previsão de chegada ás 12hs no estacionamento do Porto Velho Shopping. Às 20hs está prevista a premiação.
 
A organização do Rally da Amazônia “ GP Monster Energy” é do Rally Clube de Porto Velho, que tem o piloto e empresário João Tagino dividindo com Marcos Mancini e Henrique Arena o comando do grande evento. O diretor de prova é Adilson Kilka da CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo.
 
O patrocínio é da Saga Veículos, Mastter Motos concessionária Honda, ASW, Rodão Motos, Supermercado Gonçalves, Rondobras, Equador Petróleo e Monster Energy.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS