close

ESPAÇO ABERTO: Prefeito viaja, vice reaparece e "senta a lenha na administração"

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

7 de Novembro de 2019 às 09:13

ESPAÇO ABERTO: Prefeito viaja, vice reaparece e "senta a lenha na administração"

FOTO: (Divulgação)

NO EXTERIOR

 


O prefeito Hildon Chaves (PSDB) viajou para Seul, na Coreia do Sul, onde irá participar da solenidade de assinatura de um pacto de ações entre a capital rondoniense e o distrito coreano de Namyangju.


A viagem oficial vai durar 13 dias e meio e contará com uma comitiva de servidores e representantes industriais do Estado. Porém, de acordo com o próprio prefeito, o motivo da viagem será inicialmente o intercâmbio de culturas.

 



PROTESTOS



A viagem de Hildon acontece no momento em que a Câmara Municipal de Porto Velho está tomada por índios da etnia Kaxarari. Eles exigem melhorias nas estradas e na estrutura da escola localizada na região da Ponta do Abunã. O prefeito retorna à Porto Velho apenas na próxima semana.

 

 

 

 



NÃO É UM FANTASMA



Sem o prefeito para negociar cabe ao vice interceder na questão. E não é que Ele apareceu?


Edgar do Boi, o vice-prefeito de Porto Velho, que “sumiu do mapa” no início de governo participou da sessão extraordinária que ouviu as demandas dos manifestantes.

 



DISSE QUE NÃO MANDA NADA


Edgar disse que passou por todos os distritos e confirmou a situação de penúria que eles estão passando. Edgar do Boi também afirmou que não possui autonomia qualquer dentro da prefeitura de Porto Velho, fato que o impede de tomar qualquer decisão ou medida, porém, ele seguiu em diligência pelos distritos.

 

 

 

 

 


CRITICOU O GOVERNO EM QUE ELE TAMBÉM MANDA


O vice-prefeito abonou as demandas indígenas e disse: “Mesmo sem ter autonomia nenhuma eu fui nessas regiões, e percebi que alguma coisa não está dando certo, quando o executivo não funciona muda-se, a minha responsabilidade de vice eu assumo, agora cadê o chefe do executivo?”, afirmou Edgar do Boi em plenário na Câmara de Vereadores.

 



FRUSTRADO

 


Edgar do Boi alertou também para a frustração em relação ao plano de governo apresentado por ele e Hildon Chaves durante o pleito de 2016. De acordo com o vice-prefeito, se o plano de governo tivesse em prática nada disso estaria acontecendo, ele também criticou a atuação de alguns secretários, que no seu ponto de vista estariam deixando a desejar.

 

 

 

 

 



SEM EMPOLGAÇÃO

 


Talvez o clima ameno e nublado tenha sido a razão da pouca participação do público na 5º sessão da CPI da Energisa, nesta quarta-feira (06), na Assembleia Legislativa. O local que costuma ficar lotado não teve nem metade dos lugares ocupado.

 



PLANTÃO

 


O Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região (TRT14 - RO/AC) disponibilizou na página oficial da Justiça do Trabalho a escala do Plantão Judicial para a primeira quinzena do mês de novembro de 2019. Determinado pela Emenda Constitucional n. 45 de 30 de dezembro de 2004, o plantão destina-se a atender casos de urgência, em que se objetive evitar o perecimento de direitos, o dano de difícil reparação ou assegurar a liberdade de locomoção.


Para a escala de plantão e os telefones para contato nos estados de Rondônia e Acre clique
http://www.trt14.jus.br/documents/10157/337aa7cc-63a4-4963-8736-df0761242846

 



SAÚDE BUCAL

 


Nesta sexta-feira (8), das 8 h às 22 h e sábado (9), das 8 h às 18 horas, acontece a edição 2019 do Hackathon Sesi Health Tech, este ano com o tema “Promoção de Saúde Bucal na Indústria”. As atividades com das etapas de mentorias, desenvolvimento dos projetos, apresentação final e premiação serão realizadas no salão de convenções da Federação das Indústrias de Rondônia – FIERO.

 



AJUDA DA TECNOLOGIA



A maratona envolverá 10 equipes de seis participantes entre alunos SESI-SENAI, profissionais da odontologia, designers, desenvolvedores e empreendedores de áreas distintas. Em dois dias de imersão, os participantes buscarão soluções tecnológicas para o desafio central do evento: como podemos utilizar a tecnologia para que o trabalhador da indústria de Rondônia tenha maior acesso a odontologia do SESI e possa usufruir dos seus benefícios?



Cada grupo participante será desafiado a encontrar soluções digitais a partir do tema proposto. A solução a ser desenvolvida pelos participantes terá, necessariamente, que atender as necessidades do trabalhador da indústria rondoniense no tocante ao acesso aos serviços de odontologia do SESI.

 



CENSO AGRO



O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentou os resultados definitivos do Censo Agropecuário, realizado em 2017, para diversas instituições públicas ligadas ao agronegócio. A apresentação ocorreu na manhã desta quarta-feira (06), no Palácio Rio Madeira.


Na exposição, foi falado sobre a metodologia do Censo Agropecuário, dados sobre a produção agrícola em Rondônia, com foco nas principais lavouras, criação de animais, sendo o rebanho bovino e os galináceos os principais, piscicultura e características dos produtores rurais rondonienses.

 

 

 




VISITAS



Durante o Censo Agro, os recenseadores percorreram mais de 100 mil quilômetros, visitando mais de 90 mil estabelecimentos agropecuários.


Jorge Elarrat, coordenador do Censo Agro 2017, destacou algumas mudanças ocorridas entre os dois Censos (2006 e 2017), como o avanço da cultura temporária, em especial a soja, a localização das lavouras temporárias e permanentes, e aumento da média de idade dos produtores rurais. “É importante considerar que todos os dados coletados são autodeclaratórios. É o próprio produtor que declara as informações”.

 




PARCERIA MUSICAL



A cantora rondoniense Carol Baby está buscando compositores para firmar parcerias musicais em seu estado natal. A jovem está despontando no feminejo e mora atualmente em Goiânia, capital da música sertaneja.



Na manhã desta quinta-feira (6), durante entrevista à Rádio Portal Guaporé FM, de Costa Marques, no interior de Rondônia, Carol Baby informou que busca fortalecer a música rondoniense e por isso quer encontrar um compositor no estado. “Eu não estou mais morando em Rondônia, mas quero ajudar e incentivar nossa cultura e nossos talentos. Busco, nos 52 municípios de Rondônia, compositores que tenham o dom com a caneta e queiram firmar parcerias musicais.”



Os interessados devem enviar e-mail para contato@carolbaby.com.br com a palavra COMPOSITOR no assunto.

 

 

 

 



NOVA MÚSICA



A Cantora também anunciou que vai lançar mais um sucesso até o fim do ano. Nesta canção, Carol Baby gravou com o cantor e compositor Pacheco, autor de vários sucessos da música sertaneja, como Sosseguei e Cenário Ideal, famosas nas vozes de Jorge e Mateus.


O mais recente trabalho de Carol Baby é “Chave do Apeito”, disponível em todas as plataformas digitais e rádios rondonienses. A música faz parte do EP De Primeira, gravado em Goiânia, que também conta com o sucesso Mandinga.
Assista Chave do Apeito no Youtube:


https://www.youtube.com/watch?v=AKStlOLPVn0
Para mais informações acesso o site www.carolbaby.com.br

 

 


LIBERDADE COMPROMETIDA



O relatório “Freedom on the Net 2019” aponta as redes sociais como a origem de dois dos maiores problemas da liberdade na internet: a interferência em processos democráticos, com contas falsas ou fraude, e a coleta de dados, identificação e monitoramento de usuários.

 



PRÉ-SAL



O governo federal arrecadou R$ 70 bilhões nesta 4ª feira (6) com o megaleilão do pré-sal. Além do impacto na produção de óleo e gás brasileira nos próximos anos, a iniciativa será 1 alívio financeiro para os cofres da União, Estados e municípios.

 



PETROBRÁS

 


Do total arrecadado, US$ 9,1 bilhões –R$ 34,1 bilhões pela correção dos valores pela Selic até 30 de setembro de 2019– serão repassados à Petrobras pela revisão do contrato da cessão onerosa, firmado em 2010. A estatal será compensada pelas oscilações nos preços do petróleo durante a vigência do acordo, que permitiu a exploração de 5 bilhões de barris sem licitação.

 

 


DIVISÃO

 


Feito o pagamento à petroleira, restarão R$ 36 bilhões. Esse montante será dividido da seguinte forma: União (67%), Estados (15%) e municípios (15%). O Rio de Janeiro terá uma vantagem adicional. Além da cota que receberá pela divisão dos Estados, receberá mais 3% do total, devido à localização das áreas ofertadas.

 

 


ACORDO

 


Pelos termos estabelecidos em lei, os Estados ficarão com o equivalente a R$ 5,4 bilhões. A divisão será feita da seguinte forma: 2/3 dos recursos são distribuídos conforme o FPE (Fundo de Participação dos Estados), que beneficia Estados de regiões como Norte e Nordeste; e 1/3 conforme a Lei Kandir, que favorece Estados exportadores, como os das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

 

 


RONDÔNIA


Além da divisão, o texto fixa regras para o uso do dinheiro que chegará aos entes federativos. Os Estados deverão usá-los, primeiramente, para despesas previdenciárias, depois para fundos de previdência de servidores públicos e, se sobrar verbas, podem aplicar em investimentos. Antes disso, ainda precisarão construir uma reserva financeira específica para o pagamento das despesas prioritárias de um ano inteiro para, aí sim, poder usar o dinheiro para melhorias como obras e programas de governo. O montante destinado ao estado de Rondônia é de 136,4 milhões.

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS