close

ESPAÇO ABERTO: Começam hoje as inscrições para o Papai Noel dos Correios

Confira a coluna

RONDONIAOVIVO - CÍCERO MOURA

4 de Novembro de 2019 às 08:50

ESPAÇO ABERTO: Começam hoje as inscrições para o Papai Noel dos Correios

FOTO: (Divulgação)

NATAL MAIS FELIZ

 

O Papai Noel dos Correios 2019, a boa iniciativa que começou com os carteiros e não no alto escalão da empresa, começa nesta segunda (04). Para adotar cartinha e fazer uma criança feliz, basta entrar no site da estatal.

 

 

AGROINDUSTRIA

 

Nesta segunda-feira (4), das 7h às 17h, no estacionamento do Palácio Rio Madeira, rua Pio XII, 373, o Governo de Rondônia realiza uma exposição de agroindústria familiar com o propósito de fomentar a economia dos pequenos produtores.

 

 

 

SAÚDE

 

Nesta segunda-feira (04) tem audiência pública na Assembleia Legislativa de Rondônia para discutir a construção de um novo Pronto Socorro de Urgência em Porto Velho.

 

 

 

REVOLTADO

 

 

O deputado federal Mauro Nazif, participou de audiência pública na quarta (30), na Comissão de Minas e Energia, da Câmara dos Deputados em Brasília. O tema da reunião: o golpe da taxação da produção de energia solar fotovoltaica e geração distribuída. Com ânimos acirrados Nazif questionou o que o governo vem fazendo no setor: “O governo federal esses dias anunciou inúmeras empresas para privatização. Uma delas, a Eletrobras, teve um aumento repentino de suas ações com o anúncio da taxação da energia solar. Então só com o anúncio já deu para ver a quem interessa isso, as empresas e ao governo, só não interessa a população”, disse Nazif, dirigindo- se ao Diretor Rodrigo Limp, representante da Aneel, na audiência.

 

 

 

 

 

GUERRA CIVIL

 

A situação vivida pela Bolívia tende a piorar a cada dia. Inconformada com possibilidade de fraude nas eleições que reelegeram Evo Morales para o 4° mandato na presidência do País a população foi para as ruas. Cidades estão sitiadas, bancos, aeroportos, supermercados, todos fechados, grupos violentos de centenas de militantes estão invadindo bairros e atacando moradores. Centenas de estudantes universitários brasileiros que residem na Bolívia estão apavorados e querendo sair do país.

 

 

 

APROVADO

 

Foi aprovado por unanimidade na Comissão de Viação e Transportes (CVT) da Câmara dos Deputados, Projeto de autoria da deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO), que suspende a exigência de que as autoescolas possuam, no mínimo, dois veículos automotores de duas rodas e dois veículos automotores de quatro rodas, para serem credenciadas ao trabalho.

 

 

TEXTO ORIGINAL

 

Conforme a Resolução 358/10, as empresas que formam condutores para a categoria B (automóveis e caminhonetes) devem possuir, pelo menos, dois veículos com câmbio mecânico e no máximo oito anos de fabricação. Para a categoria C (caminhão), a exigência é de um veículo de carga com Peso Bruto Total (combinação entre o peso do veículo e da carga) mínimo de 6 toneladas e no máximo 15 anos de fabricação.

 

 

INVIÁVEL

 

Para Jaqueline Cassol a exigência do Contran não está alinhada com a realidade econômica dos pequenos municípios brasileiros: “Se cobra um investimento desproporcional ao volume de alunos que serão atendidos por essas autoescolas. Queremos viabilizar o surgimento de novos centros de formação, ampliar o direito de dirigir do cidadão e, principalmente, criar emprego, gerar renda e oportunidade para os brasileiros, e claro, para os municípios rondonienses”, explicou a deputada.

 

 

 

 

 

TRAMITAÇÃO

 

O projeto foi aprovando pela Comissão de Viação e Transportes. Agora será encaminhado para análise da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário da Câmara.

 

 

MÁQUINAS

 

Nesta segunda-feira (4), às 15h, no estacionamento do Palácio Rio Madeira, o Governo de Rondônia realiza a entrega de 321 máquinas e equipamentos do programa Calha Norte (PCN), do Ministério da Defesa para fortalecer as administrações municipais com equipamentos que fomentem o setor produtivo. A solenidade contará com a presença do Ministro da Defesa, Gen. Fernando de Azevedo, e o Diretor do Projeto Calha Norte Gen. Ubiratan Poty.

 

 

VILHENA NA SEMIFINAL

 

A estudante Júlia Silva Jovino, de 10 anos, se classificou para a semifinal da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa. A poesia intitulada “Portal da Amazônia” venceu as etapas municipal e estadual. Agora ela segue para São Paulo para participar da semifinal, de 4 a 6 de novembro. O tema deste ano foi “o lugar onde vivo”. Júlia é aluna do 5° ano da Escola Municipal Ângelo Mariano, em Vilhena.

 

 

SATÉLITE E CIA AJUDARAM

 

Satélites norte-americanos sobre o Atlântico ajudaram autoridades brasileiras a identificar o navio petroleiro grego que inundou o mar de petróleo, poluindo a costa brasileira. A CIA, agência central de inteligência dos Estados Unidos, que monitora o bloqueio econômico à ditadura da Venezuela, também foi acionada pelo presidente Donald Trump, em atenção ao amigo Jair Bolsonaro, para ajudar na busca.

 

 

OPERAÇÕES MILITARES

 

São de natureza estratégica (militar) e meteorológicos os satélites que auxiliaram o Brasil a identificar o petroleiro grego Boubloulina. Para fornecer rotas de petroleiros satélites americanos continuam a “refinar” imagens captadas entre julho e setembro.

 

 

ARRESTO

 

De acordo com as leis brasileiras e internacionais, basta o Tribunal Marítimo, com sede no Rio de Janeiro, decretar o arresto do navio Bouboulina, da empresa grega Delta Tankers, que segundo a Polícia Federal é responsável pelo derramamento do óleo que se espalhou pelo litoral brasileiro, que a decisão será cumprida em qualquer porto ou país em que atracar. O navio está novamente perto da África do Sul.

 

 

SANSÕES

 

Cabe ao Tribunal Marítimo do Brasil julgar os acidentes e fatos da navegação e pode também aplicar penas como multas e arresto. O presidente do Tribunal Marítimo é o Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, da Marinha brasileira.

 

 

PÉSSIMO DESEMPENHO

 

A Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro) divulgou estudo avaliando o desempenho econômico de 5.337 cidades brasileiras. A conclusão é que 73,9% desses municípios estão em situação fiscal difícil ou crítica. São 3.944 cidades nesta condição, incluindo nove capitais; Florianópolis, Maceió, Belém, Campo Grande, Natal, Cuiabá, Rio de Janeiro, São Luís e PORTO VELHO.

 

 

 

Mande suas sugestões de pauta, fotos, denúncias ou reclamações para espacoaberto@rondoniaovivo.com.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS