close
logorovivo2

DIFERENTE: Partido Novo busca mudar as práticas políticas no Brasil

Em RO, o advogado Fabrício Jurado é o candidato ao Senado pela legenda, que tem como candidato à presidência João Amôedo

ASSESSORIA

4 de Outubro de 2018 às 14:09

DIFERENTE: Partido Novo busca mudar as práticas políticas no Brasil

FOTO: (Divulgação)

 

 

Nas próximas eleições que se realizam no dia 7 de outubro, o Brasil estará passando por um momento único em que a população terá que escolher entre o velho, que representa a velha política, marcada por corrupção, privilégio para alguns e desrespeito com o eleitor. Do outro lado, estão os nomes que pretendem romper com essas velhas práticas e colocando no centro das atenções nacionais, o povo brasileiro.

 

O advogado Fabrício Jurado, é um portovelhense que, pela primeira vez, está concorrendo a um cargo político. Ele é candidato ao Senado pelo Partido Novo, com o número 300, e disputa uma das duas vagas a senador que Rondônia tem direito nessas eleições. O candidato à presidência é João Amôedo.

 

Ele afirma que o motivo de estar candidato nessa eleição é a decepção com os rumos que a política brasileira tomou nos últimos anos e a chance de estar em um partido que vai contra a tudo isso.

 

“O que me motiva é o senso de obrigação que temos com Rondônia e com as futuras gerações. No Partido Novo buscamos participar da vida política de forma diferente. Somo contra os privilégios para políticos; não usamos dinheiro do fundo partidário; defendemos o enxugamento do governo; todos os que estão no partido são ficha limpa e não fazemos coligações com outros partidos em troca de favorecimentos”, afirmou.

 

O Partido Novo surgiu em 2011 através de um grupo de pessoas que nunca haviam participado da vida política, mas estavam indignadas com os escândalos de corrupção que estouravam em todo o país. Esse grupo se uniu e criou o partido.

 

A primeira participação em eleições ocorreu em 2016, quando elegeu quatro vereadores e vem mostrando que é possível fazer política gastando menos e colocando os interesses da população em primeiro lugar.

 

“Naquela eleição, fizemos quatro vereadores em diferentes cidades do Brasil. Até o final do mandato, eles terão economizado R$ 16 milhões apenas cortando privilégios como carros oficiais, cargos e despesas de gabinete. O exemplo de respeito ao dinheiro público precisa começar com os políticos e o NOVO exige esse compromisso de todos seus representantes. É o que pretendo fazer como senador por Rondônia”, finalizou.

 

Fabricio Grisi Médici Jurado nasceu em 1975 em Porto Velho, filho do primeiro delegado de polícia bacharel em direito do território de Rondônia e um dos fundadores da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Rondônia OAB/RO, o advogado Manoel Flávio Médici Jurado, e da comerciante Leiza Grisi Jurado. Fabricio Jurado é casado com Karina Baueb Jurado e juntos tiveram 2 filhos. Morou durante toda sua infância e adolescência em Porto Velho tendo ido estudar direito na capital paulista em 1993.

 

Fabricio teve uma carreira bem-sucedida no mercado de trabalho, começando como estagiário de direito e é advogado há 20 anos. Em 2012, indignado com a alta carga tributária e os péssimos serviços recebidos do Estado, fundou o NOVO em Rondônia: um partido criado sem políticos, que faz processo seletivo para seus candidatos e o único que se mantém apenas com doações voluntárias de seus apoiadores, sem usar dinheiro público.

 

Vida Profissional

 

Fabricio graduou-se em Direito pela Universidade Paulista (1998), foi Presidente da Junta Administrativa de Recursos de Infrações do Detran-RO (1999), Assessor Jurídico do Conselho Regional de Contabilidade do Estado de Rondônia (2003-2015), Assessor Chefe do Jurídico da Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia (2011), Conselheiro Estadual e Presidente da Comissão de Orçamentos e Contas da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Rondônia (2013-2015), Membro da Comissão de Direito da Energia da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional de Rondônia (2016-2018), Conselheiro Federal e Membro da Comissão de Estudo da Reforma Política do Conselho Federal da OAB (2016-2018).


 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS