close
logorovivo2

SEGURANÇA PÚBLICA: Coronel Charlon promete ajudar policia e unificar unidades de fronteira

O candidato destaca a importância de buscar soluções internas

ASSESSORIA

20 de Setembro de 2018 às 11:18

SEGURANÇA PÚBLICA: Coronel Charlon promete ajudar policia e unificar unidades de fronteira

FOTO: (Rondoniaovivo)

O candidato ao Governo do Estado Coronel Charlon (PRTB) apresentou propostas para a Segurança Pública. O candidato afirmou que dará atenção especial para o policiamento de fronteira, considerado por ele o “calcanhar de Aquiles” do Estado, que é por onde entra a maior parte da droga consumida e comercializada em território rondoniense e no país. 

 

Especificamente quanto à fronteira, Coronel Charlon falou em unir as unidades que operam no local e mencionou a necessidade de modernizar e integrar as ações das policias. O candidato destaca a importância de buscar soluções internas, com a participação ampla dos segmentos das corporações que integram a segurança pública. “Estou há 30 anos na policia militar, e sei bem, o que nossos policiais precisam. Vamos valorizar a categoria e capacitar nossas tropas para atuarem no combate ao crime organizado”, afirmou

 

 

Reestruturação das delegacias

 

Coronel Charlon ainda tratou da reestruturação das delegacias de defesa da mulher, se comprometendo a mudar horário de atendimento para regime de plantão e não meio período como funciona atualmente. Nas cidades onde não houver delegacias especializadas, Charlon prometeu criar salas especiais para mulher vítimas de violência.

 

Rondônia figura com uma taxa de homicídios maior que a média brasileira e Porto Velho estava até o ano passado entre as cidades mais violentas do país. Para superar esses índices, Charlon considera fundamental buscar a experiência e o conhecimento dos profissionais do setor. Em todas as suas propostas, o candidato destaca a importância da participação dos servidores, que atuam na diretamente na ponta. "Queremos essa experiência de quem tá no dia a dia do combate ao crime para desenvolvermos políticas públicas eficientes", diz

 

“Temos que atuar com ações de inteligência. Temos que prender e punir os criminosos, mas, antes de tudo, prevenir e inibir o crime antes que aconteça”, explicou o candidato a vice, Coronel Alexandre, funcionário de carreira da Secretaria de Segurança Pública na área de confronto ao crime. 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS