close

BOLSHOI: Bailarino de PVH faz vaquinha virtual para participar de seletiva Joinville

Aprovado na etapa rondoniense, ele concorrerá com bailarinos de todo o Brasil para ser bolsista da instituição russa

DA REDAÇÃO

30 de Julho de 2019 às 17:20

BOLSHOI: Bailarino de PVH faz vaquinha virtual para participar de seletiva Joinville

Lucas em sala de aula, na Escola de Dança D'Palma FOTO: (Divulgação)

Matéria corrigida em 31/7, às14h30.

 

Os pais do bailarino Lucas Alcântara da Mota,11 anos, estão realizando uma vaquinha virtual para angariar recursos para que o garoto possa participar da segunda fase  da seletiva da Escola Bolshoi em outubro, em Joinville, Santa Catarina. A primeira fase foi em Porto Velho em 18 de maio. Ele é aluno da Escola de  Ballet D'Palma. Link para contribuição abaixo.

 

 

A vinda da equipe do Bolshoi é promovida pelo Município de Porto Velho, mas os aprovados não contam com apoio da Prefeitura para concorrer nacionalmente.

 

Os pais estão precisando de recursos para custear alimetanção, passagem e hospedagem. A mãe do garoto vai acompanhá-lo na viagem. Ela é professora de Educação Física e o pai é motorista, mas no momento encontra-se desempregado. 
Para se manterem, eles abriram um Espaço de Vida Saudável."Mas como está iniciando, temos poucos clientes" declarou a mãe.

 

 

Além de Lucas, apenas um garoto de Ji-Paraná conseguiu aprovação na seletiva em Rondônia. Os demais aprovados são meninas - oito ao todo, número menor do que do ano passado.

 

Caio e Mirela

 

Esta é a segunda vez que os bailarinos da Escola Bolshoi vem a Rondônia fazer a seleção de bolsistas. Ano passado apenas dois bailarinos rondoniense foram aprovados na seletiva nacional - Caio Jullyano e Mirela Leão- ambos foram patrocinados pela Sicoo PortoCred. Eles estão estudando na escola desde fevereiro deste ano.

 

 

Os alunos que conseguem passar na concorridíssima etapa nacional, passam a estudar como bolsistas na Escola Bolshoi no Brasil, unica fora da Russia. O curso profissional de ballet clássico tem duração de oito anos.


Além de ensino gratuito, as crianças recebem benefícios como alimentação, transporte, uniformes, figurinos, assistência social, orientação pedagógica, assistência odontológica preventiva, atendimento fisioterápico, nutricional e assistência médica de emergência/urgência pré-hospitalar. 

SERVIÇO

CONTRIBUA AQUI

Informações: 69 8128-2383 (whasapp/mãe)

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS