close
logorovivo2

TAPIRI: Espetáculo ‘Alegria de Náufragos: Rotas pelo Norte’ será apresentado nesta terça-feira

A peça está em turnê pela região Norte com o grupo “Ser Tão Teatro”; nesta terça, será a vez de Ariquemes

RONDONIAOVIVO - EDIÇÃO

22 de Abril de 2019 às 11:50

TAPIRI: Espetáculo ‘Alegria de Náufragos: Rotas pelo Norte’ será apresentado nesta terça-feira

FOTO: (Divulgação)

O grupo paraibano "Ser Tão Teatro" apresenta nesta terça—feira (23/4), às 20 horas, o espetáculo “Alegria de Náufragos: Rotas pelo Norte”, no espaço Tapiri, em Porto Velho. Nesta segunda, o grupo promoveu durante toda a manhã a oficina “Improvisar é Preciso”. A participação é gratuita na peça e na oficina.

 

Ser Tão Teatro está em turnê por quatro estados da Região Norte, contemplando nove cidades. O último estado contemplado é Rondônia -  cidades de Porto Velho, Ariquemes e Ji Paraná. A circulação no Norte contemplou a capital do Amapá, Macapá; as cidades de Manaus e Itacoatiara, no Amazonas; e  Rio Branco, Senador Guiomard e Xapuri, no Acre.

 

Já em Ariquemes, o intercâmbio cultural ocorre nesta quarta-feira (24/4) com grupos locais. A oficina acontece na quinta-feira, das 9h às 12h, no Auditório da Prefeitura Municipal. As inscrições são presenciais. Neste mesmo dia, o grupo paraibano apresenta o espetáculo “Alegria de Náufragos”, às 20h, no Centro Cultural Lídio Sohn

 

Na sexta-feira (26/4), em Ji-Paraná, acontece o intercâmbio cultural. No dia seguinte, a oficina “Improvisar é Preciso” é realizada, das 9h às 12h, no Teatro Municipal Dominguinhos. Para encerrar a Turnê em Rondônia, o Ser Tão Teatro apresenta o espetáculo “Alegria de Náufragos: Rotas pelo Norte”, no sábado, às 20 horas, também no Teatro Municipal Dominguinhos.

 

OFICINA

 

A oficina possibilita ao participante vivenciar jogos teatrais, improvisações, composição de cenas curtas, experimentação de objetos em cena, e princípios básicos da música para a cena. É voltada para atores e não atores que desejam conhecer o processo criativo utilizado pelo Grupo. A faixa etária exigida é para maiores de 14 anos e um número de participantes de, no máximo, 25 pessoas.

 

Sinopse: Alegria de Náufragos traz em seu centro o emérito professor Nicolai Stepianovitch de Tal, que se depara ao final da sua existência, com uma inevitável análise de si mesmo. Apesar de seu currículo impecável, de ter constituído família e de ser um “homem feliz”, ele gradativamente é submetido a um doloroso processo de falência interior e começa a adquirir clareza sobre o lado patético da sociedade e de suas instituições.

 

A montagem é fruto de um livre diálogo do coletivo com a obra de Anton Tchekhov, Uma História Enfadonha, na tentativa de estabelecer pontes entre esse discurso literário de mais de um século e meio com contundentes questões da nossa própria época. Aos préstimos desses olhos enfadonhos e desesperançosos de Nicolai, os atores incidem sem concessões sobre o presente e a geografia, não livrando nem a si mesmos deste crivo, com doses generosas de acidez e humor.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS