close
logorovivo2

ESPETÁCULO: 'O Imaginário' encerra o Circuito Teatral neste fim de semana

A jornada teve início em 1º de novembro

ASSESSORIA

24 de Novembro de 2018 às 09:00

ESPETÁCULO: 'O Imaginário' encerra o Circuito Teatral neste fim de semana

FOTO: (Divulgação)

O Imaginário (RO) encerra o Circuito Teatral pelas Trilhas de Rondon – Uma jornada teatral pela BR 364. O projeto, contemplado pelo Edital do Banco da Amazônia, promoveu uma série de atividades nos municípios por onde passou. O encerramento será realizado com apresentações do espetáculo “As Mulheres do Aluá”, neste fim de semana (24 e 25), a partir das 20h00 no espaço Tapiri, localizado na Rua Franklin Tavares, bairro Pedrinhas. A entrada é gratuita.

 

 

Trajetória

 

A jornada teve início em 1º de novembro. A trupe apresentou as produções: Exercício de palhaçaria, uma performance de circo e As Mulheres do Aluá. Outras atividades realizadas foram: conversas, encontro de artistas, aulas-espetáculo, debates e oficinas.

 

 

 

 

O circuito passou pelos municípios de Candeias do Jamari, Itapuã do Oeste, Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste e Ji-paraná, além de Porto Velho. As apresentações foram realizadas em escolas, espaços comunitários, centro cultural e praças.

 

 

Oportunidade

 

Agrael de Jesus, Amanara Brandão, Flavia Diniz e Zaine Diniz são as mulheres que fazem parte da trupe e representação a força da mulher na arte, dentro do grupo. Zaine Diniz é veterana e já participou de outros grupos de teatro em Porto Velho. Agrael de Jesus descobriu sua paixão pela arte e agora, aposentada, investe em sua formação profissional.

 

 

Um ponto importante a destacar no projeto é a participação de jovens atrizes e técnicos que iniciaram suas atividades artísticas nas oficinas livres de teatro promovidas pelo O Imaginário em sua sede cultural Tapiri. É o caso de Flávia de Diniz, 23 anos que passou de espectadora a artista e hoje é acadêmica do curso de teatro da Unir.

 

A atriz aponta a importância do Circuito Teatral pelas Trilhas de Rondon, tanto para o fortalecimento do grupo quanto por revelar a criatividade fora de cena para fazer com que o espetáculo acontecesse. “O Circuito tem rendido muitas risadas, muito aprendizado e tem fortalecido nós enquanto grupo. Passamos o ano todo fazendo oficina de produção, que era justamente para colocarmos em prática durante este projeto. Passamos por lugares que talvez não houvesse possibilidade alguma de acontecer um espetáculo e aconteceu. Tudo mágico! Nesta jornada reafirmo que o artista ninja tem que ser empreendedor e tem que saber um pouco de tudo.”

 

 

A atriz Amanara Brandão, 20 anos, é integrante do elenco e acumula experiências enriquecedoras ao participar de projetos itinerantes. “A participação no Circuito Teatral pelas Trilhas de Rondon foi de extrema importância para o meu crescimento, tanto profissional quanto como pessoa. Depois da circulação deste ano, onde estivemos por todas as regiões do Brasil, voltar e poder realizar esse projeto no interior de Rondônia, de onde as histórias que estão no espetáculo tem origem foi uma honra. Aproveitamos também a oportunidade para fazer um mapeamento da formação de público no nosso estado durante as apresentações, sempre estudando a questão da receptividade, até mesmo a presença das pessoas como público. Fica a vontade e a necessidade de que mais projetos como este aconteçam para fomentar a produção, a formação de público e a profissionalização de artistas, porque é na prática que a gente aprende e melhora”.

 

No corpo técnico, Edmar Leite, também iniciou seus trabalhos com operação de luz participando de oficinas e trabalhos artísticos desenvolvidos pelo O Imaginário e hoje faz parte da trupe tanto como técnico, como atuando.

 

 

 

Resultado

 

O empenho em realizar projetos que fortaleçam a identidade e a cultura local é um desafio constante para O Imaginário. Chicão Santos, diretor do grupo, comemora o sucesso do projeto já que cumpriu suas metas e objetivos e foi além do que planejado. “Nós fizemos uma visita em Ariquemes na Apae, numa escola filantrópica chamada creche Moranguinho, nós também atendemos um pedido da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Ariquemes para uma apresentação no Garimpo de Bom Futuro, que pra gente foi encantador, inclusive com o depoimento do público que disseram que não acreditavam que o teatro chegaria naquele lugar, naquelas condições e nós apresentamos na praça dentro de uma programação de revitalização e de distribuição de mudas de árvores. Em Ouro Preto visitamos a escola 28 de Novembro, fazendo uma apresentação pela manhã. Foi muito importante essas participações especiais, além do que estava previsto no projeto. Isso nos colocou numa situação bastante favorável no cumprimento da nossa meta de promover o acesso das pessoas à arte e a cultura, especialmente ao teatro".

 

 

Agradecimentos

 

O Circuito Teatral pelas Trilhas de Rondon – Uma jornada teatral pela BR 364 tem patrocínio do Governo Federal e Banco da Amazônia e apoio da Sejucel/Funcer/Seduc/Governo de Rondônia, Fundação Cultural de Ariquemes, Fundação Cultural de Ji-Paraná, Lions Clube de Ouro Preto do Oeste, artistas, grupos e parceiros nos municípios.

 

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS