close
logorovivo2

MINISTÉRIO DA CULTURA: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

Uma das medidas propostas pelos parlamentares evangélicos é uma reforma ministerial para reduzir o número de ministérios de 28 para 15

ZÉKATRACA

31 de Outubro de 2018 às 08:56

MINISTÉRIO DA CULTURA: Confira a coluna "Lenha na Fogueira", por Zékatraca

FOTO: (Assessoria)

Ministério da Cultura pode ser extinto no governo de Bolsonaro.

 

*********

 

A bancada evangélica, uma das principais bases de apoio de Jair Bolsonaro e que elegeu este ano 180 parlamentares, lançou uma lista de propostas que inclui a extinção de ministérios e a instituição do "ensino moral".

 

************

 

Uma das medidas propostas pelos parlamentares evangélicos é uma reforma ministerial para reduzir o número de ministérios de 28 para 15. Seriam extintos ministérios como o da Cultura e o da Ciência e Tecnologia – eles seriam incorporados ao Ministério da Educação. Também é prevista a extinção do Ministério do Meio Ambiente, que se tornaria uma secretaria do futuro Ministério do Agronegócio. A matéria completa você encontra na Revista Fórumde 24 de outubro.

 

**********

 

Creio que a sugestão dos evangélicos, veio em virtude de matérias publicadas durante a campanha, dando conta sobre artistas como Daniela Mercury, Cláudia Leite e outros, que haviam conseguido patrocínio do governo federal, em valores que ultrapassam o MILHÃO de Reais.

 

*********

 

Acontece que esses valores foram captados via Lei Rouanet, portanto, não é subsídio repassado direto pelo governo. Como se vê, a captação foi através de projetos aprovados dentro dos critérios da Lei Rouanet que por ser Lei, só pode ser extinta, creio eu, através de Emenda Parlamentar alterando inclusive artigos da Constituição Federal. Não adianta extinguir o Ministério da Cultura pois, mesmo com sua extinção, a Lei Rouanet continuara valendo.

 

*********

 

A Lei Rouanet assim como os Editais, são os melhores mecanismos para a realização de produções culturais, seja no segmento cultura popular, teatro, música, artes plásticas etc.

 

**********

 

Não somos contra o pensamento dos evangélicos, mas, já pensou se o governo tirasse os vários benefícios como a isenção de impostos das igrejas, sejam elas de qualquer religião?

 

********

 

Jamais a comunidade cultural, os chamados artistas, criticaram a não cobrança de impostos dos religiosos. Então, que eles deixem os segmentos culturais com seus benefícios, que podem ter certeza é muito pouco.

 

********

 

Por falar nisso o senador eleito (na rabeta), Dr. Confúcio Moura postou em seu blog, uma crônica muito boa, sobre o término do período eleitoral. Veja alguns trechos:

 

********

 

“Acabou a festa. Agora, é arrumar tudo, fazer a limpeza, porque campanha sempre deixa muito lixo, lixo de verdade, lixo mental, lixo de palavras ditas ao léu, lixo do lixo, pôr a mão na massa, e a palavra mais forte é coragem e ousadia. Iniciar o desfazimento dos maus costumes.

 

*********

 

O parágrafo que achei mais legal foi o que está ai embaixo:

 

*********

 

“E uma coisa é certa: não perguntem ao Presidente eleito e nem ao Governador o que ele fará no seu governo, de verdade, de verdade, porque ele não saberá responder – tudo vai depender das circunstâncias”, finalizou Confúcio Moura.

 

*********

 

No caso de Rondônia os artistas dos segmentos culturais é que pedem a extinção da Sejucel. Na realidade o que eles querem mesmo é ter uma secretaria exclusiva de CULTURA. Quer dizer, sem ter que dividir o orçamento com o Esporte o Lazer e a Juventude.

 

********

 

A categoria até aceita uma Secretaria de CULTURA E TURISMO. Seria o ideal!

 

********

 

Vamos orar com fervor para que Deus ilumine nosso governador Coronel Marcos Rocha no sentido da valorização dos nossos movimentos culturais.

 

Por falar nisso, no próximo dia 5 Dia Nacional da Cultura o governo do estado via Sejucel, vai realizar um evento que entre outras coisas, vai liberar o pagamento do valores referentes aos Editais que estão pendentes. Todo mundo vai receber. Valei Rodnei!

 

*********

 

Afinal de contas o Natal está chegando e as Cartas do Papei Noel dos Correios já podem ser retiradas nas agências.

 

 

 

Cantigadeira Será Atração

no Por Dentro do Teatro

 

O espetáculo Cantigadeira, produzido pela Cia de Artes Evolução, será a atração na segunda edição do Projeto Por Dentro do Teatro, que acontece nesta quarta-feira, (31), das 14h às 17h, no Teatro 1 do Sesc Esplanada.

 

O trabalho é coordenado pelos professores do curso de Licenciatura em Teatro da Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Luiz Lerro e Jussara Trindade. As ações que integram o projeto são destinadas a crianças e jovens de escolas públicas estaduais e municipais da capital. Tal iniciativa visa complementar e estimular a formação cultural de crianças e jovens adolescentes, além de proporcionar e incentivar a busca pelo conhecimento e reflexão de maneira lúdica e divertida. O evento conta com a parceria do Departamento de Artes da UNIR e do Serviço Social do Comércio (Sesc Rondônia).

 

 

Nesta segunda edição, todas as atividades culturais serão destinadas aos alunos do terceiro ano do ensino médio da Escola Estadual Brasilia. Às 14h30, a Cia Evolução apresenta a sua mais nova produção, a peça Cantigadeira, um espetáculo de cantigas de roda e brincadeiras antigas que conta com a atuação dos atores Eules Lycaon, Gisele Stering e Mika Cardoso. O texto e direção são de Eules Lycaon.

 

 

SINÓPSE DO ESPETÁCULO

 

Com o propósito de resgatar as mais belas cantigas de roda e reviver um passado que se faz presente na memória de muitos, o espetáculo Cantigadeira faz uma viagem no tempo. São histórias contatas e cantadas por três amigos, que recordam a infância feliz que viveram. Recordações estas, que se dão por meio de muitas músicas e brincadeiras que foram esquecidas e já não vemos nos dias atuais

 

 

 

Acadêmicos da Zona Leste abre

inscrições para Escolinha de Bateria
 

Sob o comando do Mestre Silfarni Silva e a diretoria da Acadêmicos da Zona Leste, inicia neste sábado (03/11), aulas semanais de percussão. O objetivo do projeto é proporcionar aos novos alunos e futuros ritmistas técnicas e práticas nos instrumentos, desenvolvimento musical, coordenação, percepção sonora, visando a participação e integração na bateria Orquestra do Samba.

 

“Nossa escola tem um compromisso com o social e com a comunidade da Zona Leste e estamos trabalhando para trazer crianças e jovens para aprender a tocar instrumentos de percussão no intuito de serem futuros músicos/ritmistas. A responsabilidade aumentou, pois nossa escola está no grupo especial e sabemos da importância de colocarmos um carnaval na avenida vencedor para que possamos conquistar nosso primeiro titulo no Grupo Especial”, afirma Anny Mamedes, presidente da Escola de Samba Acadêmicos da Zona Leste.

 

O enredo que o G.R.E.S. Acadêmicos da Zona Leste levará a avenida Edson Froes para 2019 terá como tema ”Negras Raízes – Os quatro eixos do povoamento negro em Rondônia”.

 


 

 

SERVIÇO

 

Escolinha de Percussão para Bateria Orquestra do Samba

Início: 03 de Novembro (sábado)

Horário: 17h às 19h

Local: Cupuaçu Roots, final da Av. Amazonas – Jardim Santana

 Inscrições no local/totalmente gratuito

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS