close
logorovivo2

SERENIM: Artistas se unem em prol da tatuadora Thina em uma ação solidária

Os tatuadores participantes são: Raphael Amorim e Thina Lopes do Estúdio Jenipapo, Carole Shirazae, Lucas Lock e Luiz Neto do Estúdio Madeira Ink.

RONDONIAOVIVO

13 de Abril de 2018 às 11:27

SERENIM: Artistas se unem em prol da tatuadora Thina em uma ação solidária

FOTO: (Divulgação)

Neste sábado, 14, a partir das 14 horas, artistas tatuadores vão se reunir na casa de cultural Serenim, localizada na rua José do Patrocínio, 736, onde realizarão uma programação solidária titulada por “Ink’n Roll Day”. O evento contará com realização de tatuagens e mais 10 horas de músicas. O valor da entrada custa R$ 5,00, porém será gratuita para quem agendar e tatuar no local. 

 

O objetivo do projeto é arrecadar fundos para recuperar os equipamentos de trabalho da tatuadora Thina, que foram furtados há algumas semanas. Entenda o caso abaixo. Os interessados ajudarão a tatuadora a dar continuidade nos seus trabalhos, além de adquirir uma tatuagem por um valor mais acessível. Além disso, quem tatuar sem o agendamento ganhará o valor da entrada em produtos no bar. 

 

Os tatuadores participantes são: Raphael Amorim e Thina Lopes do Estúdio Jenipapo, Carole Shirazae, Lucas Lock e Luiz Neto do Estúdio Madeira Ink. O evento contará também com aplicação de piercings, por R$ 40,00. 

 

 A Line Up Musical ficará por conta dos cantores Thiago Maziero, Rafael Izidoro  e também com as bandas Benvindo, Bartbeats, Projeto Sarin, Macaquiavélicos, Vitrola de Ficha e  Darmma. O palco ficará aberto para quem desejar se apresentar no evento, no horário entre às 14h e 16h.

 

Thina Lopes

 

A tatuadora Thina Lopes tem 21 anos de idade, mora em Porto Velho, mas é natural de Belo Horizonte/MG. Ela começou a atuar na área de tatuagem e piercing desde o ano de 2014. 

 

Thina conta que já desenhava há bastante tempo quando se interessou pela profissão por meio de um amigo de escola que virou tatuador profissional. “O processo de aprendizado foi algo natural. Passei a frequentar alguns studios e quando vi, já estava aprendendo e estudando na área’’, afirmou a tatuadora. 

 

Seu processo de aprendizagem iniciou em dois studios de tatuagem, onde também aprendeu a profissão de Body Piercer. “Ambas profissões exigem muito estudo e dedicação diariamente, pois o conhecimento na área se renova a cada dia, já que cada vez mais vem surgindo novas técnicas, estilos e ferramentas para esse mundo das modificações corporais”, disse ela. 

 

Sobre o furto


Na madrugada do dia 6 de março, o studio de Thina, localizado na rua Paulo Leal, centro de Porto Velho, foi invadido. Os criminosos roubaram todos os materiais de trabalho da tatuadora, sendo eles de aplicação de piercings, máquinas de tatuagens, tintas, agulhas, cabos, fontes e também todos os aparelhos eletrônicos, tirando assim a fonte de renda de Thina. O furto resultou o prejuízo aproximado de R$ 8.000,00. 

 

O responsável pelo crime, conhecido como Carioca, foi preso no dia seguinte, mas foi solto aproximadamente 7 dias depois. Mesmo assim, Thina não conseguiu recuperar nenhum dos pertences furtados. “Foi um choque muito grande e sofri muito com isso durante os dias após o acontecimento, mas felizmente apareceram algumas pessoas se solidarizando com a minha situação, e duas delas foram o Raphael Amorim e sua esposa Samira do Jenipapo Studio, que logo ofereceram o espaço e até os equipamentos principais para voltar a trabalhar. Como estou grávida, e sou autônoma, não posso ficar parada sem trabalhar. Pretendo trabalhar até o último dia que eu conseguir, pois não terei licença maternidade comumente remunerada pelo regime da CLT. Ficarei trabalhando no Jenipapo Studio até o dia de ganhar o bebê”, afirmou Thina. 

 

Após o incidente, a tatuadora desmontou seu studio, guardando apenas os móveis e dois certificados que estavam colados na parede.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS