close
logorovivo2

Cia Beradera comemora aniversário de Porto Velho com apresentações teatrais gratuitas

Cia Beradera comemora aniversário de Porto Velho com apresentações teatrais gratuitas

DA REDAÇÃO

29 de Setembro de 2015 às 16:09

Cia Beradera comemora aniversário de Porto Velho com apresentações teatrais gratuitas

FOTO: (Divulgação)

 
Nesta quinta-feira (1), a Beradera Companhia de Teatro apresenta os espetáculos “Lete” e “Saga Beradera” gratuitamente na Confraria das Artes. A programação especial é uma homenagem do grupo ao aniversário de 101 anos de Porto Velho, cidade que serviu de palco e inspiração para as produções da companhia.
 
As apresentações também marcam a despedida do diretor e dramaturgo Rodrigo Vrech, que retorna a sua cidade natal, o Rio de Janeiro, após dois anos e meio em Porto Velho.
“Cheguei no dia 23 de janeiro de 2013, um dia antes do aniversário de instalação do município de Porto velho e vou embora dia 03 de outubro de 2015, um dia após o aniversário do município. Porto Velho ficará para sempre em meu coração. Espero voltar em breve”, relata Rodrigo.
 
Esta é a primeira vez que as duas montagens serão apresentadas em um mesmo dia. “Lete” foi o espetáculo de estreia da companhia e conta a história de uma comunidade fictícia, livremente inspirada em Porto Velho e o distrito de Jacy-Paraná, que sofre grandes impactos com a construção de uma usina hidrelétrica. Além disso, a montagem também trata os diversos ciclos migratórios que marcaram a história da capital rondoniense.
 
Já “Saga Beradera” conta a história de Nazaré, distrito do Baixo Madeira que foi totalmente destruído pela cheia histórica de 2014, mas que se reconstruiu e mantém viva a sua cultura por meio das tradições ribeirinhas e festejos locais.
 
“Lete” será o primeiro espetáculo a ser apresentado, às 19h. Em seguida será a vez de “Saga Beradera”, às 20h30. A entrada é gratuita, podendo o espectador contribuir de forma livre. A Confraria das Artes fica localizada na Avenida Calama, 1706, no Bairro São João Bosco.
 
Vrech conta que os dois espetáculos são homenagens à cidade de Porto Velho, aos seus processos de formação e populações tradicionais. "Lete" aborda, de maneira ficcional e comprimida, os mais de 100 anos de Porto Velho culminando com a enchente, enquanto que "Saga Beradera" se atém à comunidade ribeirinha de Nazaré, ainda em uma história de ficção, para retratar o pós-enchente vivido pelas populações à beira de rio.
 
“Apresentar ambas as peças em homenagem ao aniversário da cidade é utilizar o símbolo da data para relembrar a história em construção. Esperamos contar outras histórias no futuro onde a valorização do ribeirinho, da cultura local e de seus artistas já não seja mais um sonho e sim a realidade cotidiana”, afirma.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS