close
logorovivo2

Festcineamazonia integra com artistas locais em Ponta do Abunã

Depois da exibição do Festcineamazônia Itinerante na terça-feira (20) no distrito de Vista Alegre do Abunã, a equipe seguiu para Nova Califórnia e Extrema. "É uma satisfação voltar para Vista Alegre, esta é a quarta vez que o festival se apresenta aqui no

DA REDAÇÃO

22 de Dezembro de 2011 às 08:22

Festcineamazonia integra com artistas locais em Ponta do Abunã

FOTO: (Divulgação)

Depois da exibição do Festcineamazônia Itinerante na terça-feira (20) no distrito de Vista Alegre do Abunã, a equipe seguiu para Nova Califórnia e Extrema. "É uma satisfação voltar para Vista Alegre, esta é a quarta vez que o festival se apresenta aqui no distrito", disse a organizadora do festival, Fernanda Kopanakis. A sessão ocorreu na quadra poliesportiva do distrito e o administrador, Agenor Oliveira, destacou a importância do evento para a cultura e lazer da localidade, desassistidos e distantes do centro dos poderes públicos.

"O Estado é ausente aqui. são iniciativas como essa, geralmente da iniciativa privada, que oferecem um pouco de cultura e de lazer para a população." Nessa sessão uma novidade: a pequena Fernanda Araújo, 10 anos, apresentou três canções em gaita de ponto. Fernanda toca gaita há um ano, aprendeu com Valdir Alves Pereira, que se mudou para o distrito pouco antes. Hoje, Pereira, que toca violão e acordeão, quer montar uma escola de música no distrito.

"Falta um pouco de apoio para construir a sede e comprar os instrumentos. Já tenho 9 alunos, mas a demanda aqui é muito mais alta", ele diz. Vista Alegre é um distrito da frente de expansão da indústria madeireira, e possui um grande rebanho de gado. A falta de regularização fundiária é um dos maiores problemas locais, e que tem gerado violência extrema. O líder rural Adelino Ramos, conhecido como Dinho, foi assassinado em maio de 2011, enquanto vendia verduras, junto de sua família. Um suspeito da execução do crime foi preso. O Festcineamazônia® Itinerante tem o patrocínio da Oi, BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura através da Lei Rouanet, Secretaria do Audiovisual, apoio cultural Oi Futuro, Funarte, Prefeitura do Município de Porto Velho através da SEMED e Fundação Iaripuna, Governo do Estado de Rondônia – SECEL e SEDUC.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS