close
logorovivo2

Produtores culturais da capital se reúnem com secretário do Ministério da Cultura

Produtores culturais da Capital se reúnem com secretário do Ministério da Cultura

DA REDAÇÃO

14 de Outubro de 2011 às 12:13

Produtores culturais da capital se reúnem com secretário do Ministério da Cultura

FOTO: (Divulgação)

A prefeitura de Porto Velho e o Ministério da Cultura realizaram um encontro com os artistas da capital rondoniense nesta quinta feira (13), às 18 horas, no Teatro Banzeiros. Conforme o secretário de fomento e incentivo a cultura,  Henilton Menezes, o evento serviu para ouvir a classe, com objetivo de incorporar um novo conceito de gestão de financiamento aos projetos culturais, também fazendo articulação com o representante regional do ministério para todo o Norte do Brasil, Delson Cruz, presente à reunião. “É uma reunião de aproximação com a classe artística local, um trabalho que estamos realizando em todos os estados do País. Com isso, queremos chegar mais próximo da realidade e das especificidades de cada estado e região”, destacou Menezes. Ele adiantou que mais de 20 reuniões semelhantes já foram feitas somente em Rondônia para se inteirar das demandas culturais que servirão para nortear as ações da Secretaria de Fomento e Incentivo a Cultura (Sefic). “Estamos abrindo um diálogo, tirando dúvidas e explicando a dinâmica de funcionamento da secretaria, que é uma parceira dos artistas”, frisou.

 

Menezes iniciou a conversa com os produtores culturais explicando como funciona cada departamento da Sefic e quais as suas atribuições. Depois, tratou do sistema online para apresentação de projetos diretamente ao Ministério da Cultura, solicitando apoio financeiro. “Recebemos 24 mil projetos por ano e cerca de 100 por dia, mas nem todos estão dentro dos parâmetros ou atendem os requisitos”, disse.  Ele ainda explicou a Lei Rouanet, que promove incentivos fiscais aos empresários que patrocinam projetos culturais; falou sobre o Fundo Nacional de Cultura, cujo objetivo é custear os projetos não apoiados pela classe empresarial; sobre o Fundo de Investimento Cultural e Artístico (Ficart) e também sobre o projeto de lei de incentivo a cultura que está tramitando no Congresso Nacional.

 

O secretário também apontou avanços como resultados do diálogo com produtores culturais e gestores em diversos pontos do Brasil. Dentre elas, citou mais transparência nas decisões, melhoria no atendimento, agilidade na analise dos processos e criação de banco de parceristas. Ao final, Menezes voltou a enfatizar que a Sefic e a representação do Norte continuarão dispostos a ouvir os produtores para colher sugestões de interesse mútuo. “É desta forma que vamos qualificar nossas ações e aprimorar os serviços prestados em prol da cultura brasileira”, afirmou.

 

Pacto

 

Representante do MinC para o Norte do País, Delson Cruz, disse que o governo está promovendo a descentralização da política pelo Sistema Nacional de Cultura, fazendo um pacto federativo com estados e municípios para atender suas peculiaridades. “É preciso ver in loco para fazer uma política diferenciada, voltada para a realidade de cada região”, destacou.

 

Aproximação

 

Segundo o presidente da Fundação Cultural Iaripuna, Altair dos Santos (Tatá). “O Ministério da Cultura tem procurado se aproximar mais e ouvir a classe artistica, o que já é um ponto muito positivo”, declarou. Para o presidente, a vinda de Menezes a Porto Velho foi muito positiva, para que os gestores e produtores culturais possam compreender melhor o papel da Sefic e como buscar recursos para os seus projetos. Antes do encontro com os artistas, o representante do Governo Federal se reuniu somente com os integrantes da Fundação Iaripuna para tratar da política cultural, programas, projetos e recursos que estão à disposição.

 

Mais recursos

 

Na avaliação do secretário estadual de cultura, Francisco Leilson (Chicão), esse estreitamento da relação com o Ministério da Cultura reforça as ações desenvolvidas pelo governo do estado e prefeitura e chega em hora muito oportuna, na medida em que estimula o movimento cultural e facilitará a vinda de mais recursos a partir de 2012. Nesta sexta feira (14), Chicão e a cúpula da secretaria de cultura estadual terão encontro com o secretário da Sefic e o representante do MinC para a Região Norte.

 

Bons resultados

 

Os artistas tiveram a oportunidade de interagir com Henilton Menezes, fazer perguntas, sugestões e tirar dúvidas. Foi o caso de Elizeu Braga, integrante do movimento intitulado Regula Cultura, que reúne representantes de todas as classes artísticas de Porto Velho. “Acho muito importante esse tipo de evento, essa aproximação com o Ministério da Cultura. Qualquer tipo de diálogo nesse sentido é positivo e pode trazer bons resultados para a cultura regional”, comentou.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS