close
logorovivo2

CULTURA – Público se encanta com a peça “Frei Molambo”

CULTURA – Púbico se encanta com a peça “Frei Molambo”

DA REDAÇÃO

30 de Agosto de 2011 às 12:06

CULTURA – Público se encanta com a peça “Frei Molambo”

FOTO: (Divulgação)

 
A PEÇA SE APRESENTOU NO ÚLTIMO FINAL DE SEMANA, EM CURTA TEMPORADA, NO TEATRO UM DO SESC ESPLANADA
 
“O texto é tão atual que chega a ser profético”. “A peça é uma porrada na hipocrisia geral que nos cerca, inclusive na religiosa”. Esses são apenas alguns dos comentários a respeito do monólogo “Frei Molambo”, espetáculo que se apresentou no último final de semana, dias 27 e 28, no Teatro Um do Sesc Esplanada.
 
Em duas apresentações com casa cheia, o público assistiu a saga de umprofeta que, anunciando aos quatro cantos o fim do mundo, conseguiu falar aos que têm ouvidos. Com leve ironia e toques de humor, que arrancou risadas da plateia em vários momentos, “os escolhidos” puderam conhecer o "nobre e bom Frei Molambo”.
 
Com montagem do Raízes do Porto, grupo teatral que atua há 19  anos, e dirigida por Suely Rodrigues, a peça contou com a participação do público em vários momentos, desde a iluminação coletiva com velas ou com a realização de um quase casamento entre dois membros da plateia. Casamento esse, que só não aconteceu porque o Frei não se mostrou disposto a contribuir com o crescimento da “insanidade coletiva”.
 
Para Juraci Júnior, ator do monólogo, “a sensação é de dever cumprido”. “Pudemos levar ao público, mais uma vez, o que Lourdes Ramalho [autora do texto] quis levar desde 1960, quando escreveu Frei Molambo”. Juraci diz que consegue notar um encantamento nas pessoas que assistem o espetáculo. Em sua maioria, elas ficam surpresas com a audácia do texto, que envolve crítica, humor e temas de responsabilidade social, e que é passado por meio da arte. “Quando as pessoas acreditarem que a arte é necessária e não segundo plano, as coisas vão começar a mudar”, garante o jovem ator.
 
A curta temporada foi o suficiente para mostrar aos amantes do teatro, a união de fatores que possibilitou que “Frei Molambo” recebesse os prêmios de melhor ator e melhor texto  e  indicações  de  melhor espetáculo,  direção, iluminação,  figurino  e  cenário, no  IV  Festival  de Teatro da Amazônia, em Manaus (AM).
 
Como as apresentações tiveram entrada gratuita, Juraci destaca a importância dos parceiros e apoios culturais. São eles: Editora Pindaíba, site de notícias Rondônia ao Vivo, Caffé Cravo e Canela, Amazônia Adventure e Giga Vestibulares.
 
Para saber mais sobre as produções do Raízes do Porto, acesse o página do grupo no facebook (Raízes do Porto) e siga no twitter (@raizesdoporto). Em breve o grupo volta com o espetáculo “O Viandante da Torre”.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS