close
logorovivo2

Palco Giratório renova platéia do teatro em Porto Velho

Palco Giratório renova platéia do teatro em Porto Velho

DA REDAÇÃO

20 de Setembro de 2010 às 20:43

Palco Giratório renova platéia do teatro em Porto Velho

FOTO: (Divulgação)

 
A realização do Festival Palco Giratório está renovando o público freqüentador de teatro em Porto Velho. A presença constante de crianças nos espetáculos garante a platéia do futuro.
 
Desde o último sábado (18/09), as peças são dirigidas ao público infantil e têm lotado o teatro todos os dias. Nesta terça-feira, será apresentado mais um espetáculo direcionado às crianças, a partir das 10 horas.
 
“O público infanto-juvenil tem lotado as dependências do teatro Um do Sesc não apenas nos espetáculos direcionados especificamente para crianças e adolescentes, mas em todas as sessões que a classificação indicativa permite”, comenta Andressa Romão, técnica de artes cênicas e coordenadora do Festival Palco Giratório em Porto Velho. 
 
Os espetáculos que possuem classificação indicativa abaixo de 14 anos estão sempre lotados de novos amantes do teatro. “É contagiante acompanhar o entusiasmo de jovens espectadores. Isto é fundamental para o Sesc que tem o papel de formador de platéia e de apoio ao desenvolvimento artístico local”, destaca Andressa Romão.
 
A coordenação do Palco Giratório esclarece que a classificação indicativa não é uma forma de censura, mas uma exigência legal que visa informar pais e responsáveis sobre o conteúdo a ser apresentado. “É bom que se diga que o limite de idade é determinado pelo texto apresentado”, revela Andressa Romão.
 
Nesta quarta-feira, o espetáculo ‘Para Luis Melo’ terá início às 20h30, mas é bom chegar com uma hora de antecedência para garantir vaga no teatro.
 
“A partir das 19 horas já estamos distribuindo as senhas e como são apenas 252 lugares a procura é grande e muita gente tem ficado de fora. Quando é possível a apresentação de uma segunda sessão o Sesc Rondônia não mede esforços para atender a todos os interessados em assistir aos espetáculos”, explica Andressa Romão.  

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS