close
logorovivo2

CULTURA - Peça os bichos também amam a caminho de Curitiba

OS BICHOS TAMBÉM AMAM A CAMINHO DE CURITIBA

DA REDAÇÃO

10 de Março de 2010 às 09:10

CULTURA -  Peça os bichos também amam a caminho de Curitiba

FOTO: (Divulgação)

O Grupo Evolução realiza nos dias 13 e 14, às 19h30, na Praça Aluízio Ferreira, as duas últimas apresentações do espetáculo Os Bichos Também Amam. Na próxima semana o grupo parte de Porto Velho com destino a capital paranaense, onde participa do Festival de Teatro de Curitiba. Alem deste espetáculo o Evolução leva ao festival a peça É Crime Não Saber Ler.   São os dois trabalhos que representarão o estado de Rondônia no maior festival de teatro do Brasil.
 
No dia 14 (domingo), após a apresentação o grupo realiza a rifa de um lido relógio, patrocinado pela Roberto Simon Jóias.
                                                          
AS PEÇAS
 
OS BICHOS TAMBÉM AMAM, é um espetáculo de rua direcionado ao público infantil e mostra a necessidade que os animais têm de relacionar-se com seres da mesma espécie. O texto narra a história de uma cachorrinha (Bolota), que apesar de ser bem cuidada e mimada, sente-se insatisfeita e solitária. Mas tudo começa a mudar no momento em que conhece um companheiro (Tóto). A felicidade dos dois bichinhos é tão grande que acabam unindo outros corações. Além de divertir a garotada, a peça vem despertar no espectador o interesse pela educação, higiene pessoal e principalmente a conscientização para a preservação do meio ambiente. Em cena, cinco atores, de forma lúdica e com muita música, proporcionam, a todos, momentos de aprendizagem e descontração.
 
Os Bichos Também Amam, estreou em fevereiro de 2008 e desde sua estréia vem conquistando crianças de todas as idades, na capital e no interior do estado. Já participou de vários projetos e eventos tais como: Temporada na Praça Aluízio Ferreira em fevereiro e março de 2009, participou da inauguração do Teatro Banzeiros, Inauguração do Mercado Cultural, Festival de Teatro de Rua Amazônia Encena na Rua, Aldeia de Jí-Parána ralizado pelo SESC, projeto O Teatro Vai à Escola, atualmente participa do projeto Saga na Escola desenvolvido pela Saga Amazônia, em fevereiro de 2010 participou do projeto Balaio Cultural em Ariquemes, entre outros.  
 
O texto e direção são de Eules Lycaon. No elenco os atores: Bruno Allan, Mika Cardoso, Jane Carla, Hercílio Santana e Eules Lycaon.
 
É CRIME NÃO SABER LER
 
Demonstra o enorme, se não o maior, crime já perpetrado contra uma pessoa ou contra um povo: o da ignorância imposta pelos 
interesses particulares de muitos... Desde quando se promete acabar com o analfabetismo, que ao contrário aumenta dia-a-dia? Quando o homem do campo, sem perspectiva para a vida... Sem o amor de si e de outrem... Supondo-se traído eternamente, não valoriza a vida e extingue-se o amor, o único significado para viver.
 
O caboclo do espetáculo “É Crime Não Saber Ler”, porque não sabe ler, porque não pôde estudar, porque não lhe ensinaram, cultiva um sentimento voraz ao qual chamamos de ciúme. O exemplo rural é também urbano e humano. E de quem é a culpa, se culpa há? Não pode haver crime maior que impedir, por qualquer motivo, que a nossa gente aprenda a ler. O texto de Luiz Antonio de Araújo, narra uma história emocionante. Um monólogo interpretado pelo ator Eules Lycaon. A direção é do próprio  Lycaon.
 
Estreado em julho de 2009, a peça vem emocionando os espectadores, várias apresentações já foram realizadas no Teatro Banzeiors. As duas últimas aconteceram nos dias 27 e 28 de fevereiro, no Centro Cultural Lídio Sohn, em Ariquemes. E nos dias 17, 18, 19 e 20 deste mês será apresentado no Teatro Mini Guaíra, em Curitiba.
 
O FESTIVAL
 

O Festival de Teatro de Curitiba acontece anualmente desde 1992. É considerado um dos maiores eventos culturais do país, reunindo artistas e produções de todos o pais e do exterior, realizam suas manifestações culturais dos mais variados gêneros. Praças, barracões, salas de espetáculos e ruas, são palcos para as mais variadas produções contemporâneas que surpreendem o público. Em sua 19ª edição, o Festival de Teatro de Curitiba, já é referencia e faz parte do cenário cultural brasileiro. O Evolução é uma das 374 companhias que participarão do evento. São companhias vindas de todas as regiões do país e farão com que Curitiba, durante os 13 dias de Festival, seja o maior palco das artes cênicas brasileira.

O Evolução conta com o apóio da Fundação Iaripuna, Federação de Teatro de Rondonia – FETER, Sirrus, Saga, Roberto Simon Jóias e Amazon Artes. Maiores informações e contatos pelos telefones 3227-0125 / 8413-5465 ou pelo e-mail gte-pvhro@hotmail.com.
O Grupo Evolução realiza nos dias 13 e 14, às 19h30, na Praça Aluízio Ferreira, as duas últimas apresentações do espetáculo Os Bichos Também Amam. Na próxima semana o grupo parte de Porto Velho com destino a capital paranaense, onde participa do Festival de Teatro de Curitiba. Alem deste espetáculo o Evolução leva ao festival a peça É Crime Não Saber Ler.   São os dois trabalhos que representarão o estado de Rondônia no maior festival de teatro do Brasil.
 
No dia 14 (domingo), após a apresentação o grupo realiza a rifa de um lido relógio, patrocinado pela Roberto Simon Jóias.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS