close
logorovivo2

DIVERSÃO – Canal TCM apresenta nessa segunda (08) “Matar ou Morrer” e a comédia romântica “Confidências À Meia-Noite” – Confira críticas

DIVERSÃO – Canal TCM apresenta nessa segunda (08) “Matar ou Morrer” e a comédia romântica “Confidências À Meia-Noite” – Confira críticas

DA REDAÇÃO

8 de Dezembro de 2008 às 15:29

DIVERSÃO – Canal TCM apresenta nessa segunda (08) “Matar ou Morrer” e a comédia romântica “Confidências À Meia-Noite” – Confira críticas

FOTO: (Divulgação)

 

O canal TCM (Canal 56/Sky) prossegue com sua programação especial intitulada: “50 Filmes Que Você Deveria Ver Antes de Morrer”. São exibidos dois filmes por dia, sempre a partir das 22h00 (horário de Brasília) – aqui em Rondônia, em vista do horário de verão, a programação tem início às 20h00 -. Nessa segunda-feira (08) o western clássico “Matar ou Morrer” e a comédia romântica “Confidências À Meia-Noite” são as atrações.

 Confira matéria anterior clicando AQUI.
 
Após ler as duas críticas de hoje, confira a lista dos filmes que serão exibidos dentro da programação
 
MATAR OU MORRER – Por Humberto Oliveira
 
Realizado em 1952 por Fred Zinnermann, o western clássico “Matar ou morrer” cartaz desta segunda- feira (08) na sessão “50 Filmes Que Você Deveria Ver Antes de Morrer”. Estrelado por Gary Cooper que interpreta o xerife Will Kane. Pela sua atuação, Cooper ganhou seu segundo Oscar de Melhor Ator, sendo o primeiro por Sargento York (1941) dirigido por Howard Hawks.
 
Ainda no elenco de “Matar ou morrer”, estrelas como Grace Kelly, que interpreta Amy, a noiva de Kane, Katy Jurado como Helen Ramirez, ex-namorado do xerife, Lloyd Bridges (Harvey), Otto Kruger, Thomas Mitchell, Lee Van Cleef, em começo de carreira, entre outros. O filme recebeu total de quatro Oscar, incluindo edição, trilha sonora e canção original, High noon – Do not forsake me, oh, my Darling, recebendo indicações para melhor filme, diretor e roteiro.
 Gary Cooper também ganhou Globo de Ouro de ator em drama, o de atriz coadjuvante ficou com Katy Jurado, melhor fotografia em preto e branco e trilha sonora para Dimitri Tiomkin, autor da Canção e da Trilha Sonora.
 
Em Hardleyville, o xerife Will Kane (Cooper) acaba de se casar com a bela e temperamental Amy (Kelly) e pretende deixar o cargo para começar vida nova em outra cidade. No entanto, um fantasma do passado está prestar a retornar a pequena cidade para se vingar do xerife que o prendera. Depois de um longo tempo na cadeia, Frank Miller chegará no trem do meio dia para o acerto de contas, mas Miller não está sozinho, um irmão e mais dois capangas o esperam no estação.
 
Todos na cidade sabem o que irá acontecer, caso Kane insista em continuar na cidade e enfrentar os bandidos. Apavorados, eles fazem de tudo para persuadir o xerife a ir embora o mais rápido possível. Muitos são os argumentos: “Não o chamará de covarde se você fugir”; “Você já cumpriu seu dever”; “Agora você é um homem casado”. Mas Kane insiste em ficar. Quando pede ajuda aos moradores, eles se recusam a ficar ao seu lado. Enquanto isso os ponteiros do relógio avançam. Todos sabem que ao meio dia tudo estará acabado.
 A ação de “Matar ou Morrer” transcorre em tempo real, ou seja, começa às 10h40 e vai andando, minuto a minuto, até o meio-dia. O personagem Will Kane foi inicialmente oferecido pelo produtor Stanley Kramer ao ator Gregory Peck, que o recusou por considerá-lo muito parecido com o papel que fizera em O Matador (The Gunfighter, 1950). Em 1980, uma TV norte americana produziu “Matar ou Morrer 2 - A Volta de Will Kane”. Vinte anos depois, Matar ou morrer foi refilmado para a TV.
 
“ Matar ou morrer” é mais que um western clássico. Este filme, que pretende ser uma parábola sobre a coragem individual ante a covardia coletiva, ganhou importância política ao fazer uma metáfora sobre um período negro da história americana – o da caça as bruxas, tendo a frente o senador Joseph McCarthy com o objetivo de promover o entreguismo, a paranóia nos Estados Unidos que passaram a enxergar comunistas comedores de crianças em toda parte, inclusive no cinema.
 
Desde No tempo das diligências (1939), de John Ford, o gênero teve de passar por várias mutações para sobreviver. Cineastas como William A. Wellman, Samuel Fueller, Delmer Daves (Flechas de fogo), e, sobretudo, Anthony Mann que dirigiu westerns desmistificadores como Winchester 73, injetaram sangue novo ao western, humanizando personagens, rompendo com os estereótipos, aperfeiçoando estruturas. 
 
O protagonista de “Matar ou morrer” se insere neste contexto, pois deixa de ser o herói invencível para quem tudo dá certo. Kane é um ser frágil, às voltas com a covardia de uma comunidade inteira. Cooper personifica a solidão de homem esmagado pelas circunstâncias. Numa determinada cena, a câmera faz um movimento em contra-ploongê (de baixo para cima) para realçar ainda mais o quanto Kane está sozinho caminhando pelas ruas da cidade completamente vazia. Pontualmente ao meio dia o apito do trem soa estridente.
 
A montagem entrecortada mostra os rostos das personagens em suas casas, aguardando. A expectativa deles e do público é quase insuportável. Will Kane sente medo, mas o seu senso de dever é maior e mais forte. Ele precisa enfrentar os bandidos, afinal de contas o xerife é o herói, mas é também humano
 
CONFIDÊNCIAS À MEIA-NOITE – Por Marcos Souza
 
Uma das mais inteligentes comédias românticas já produzidas pelo cinema norte-americano e que rendeu o Oscar de melhor roteiro original ao quarteto Russell Rouse, Maurice Richlin, Stanley Shapiro e Clarence Greene (baseado em estória de Russell Rouse e Clarence Greene) e que marcou a primeira reunião dos atores Rock Hudson e Doris Day no cinema, que depois se tornariam grandes amigos.
 
“Confidências à Meia-Noite” (Pillow Talk/1959) é uma comédia sofisticada realizada com esmero pela Universal Pictures e que conta uma situação de erros que provoca uma relação inusitada entre uma decoradora, Jan Morrow (Doris Day), e um compositor, Brad Allen (Rock Hudson). Os dois moram no mesmo prédio e são obrigados a partilhar a mesma linha telefônica, Jan, uma mulher romântica e com toques feministas, acaba se antipatizando com o compositor, ao ouvir pelo telefone suas conversas e cantadas com as namoradas. A intromissão dela acaba provocando um atrito entre os dois, que se tornam inimigos sem mesmo se conhecerem pessoalmente.
 
Porém, diante da situação Brad resolve compor o papel de um caipira que acaba de chegar na cidade grande e que tem como missão conquistar a decoradora. Sem saber que se trata da mesma pessoa, Jan não só passa a sair com seu vizinho como se apaixona por ele.
Em meio aos dois um amigo em comum, Jonathan Forbes (Tony Randall, sensacional), que deve não só mediar a confusão, como fingir que está tudo bem entre os pares.
 
O filme fez tanto sucesso que tanto Doris Day quanto Rock Hudson voltaram em mais dois filmes “Volta Meu Amor (1961) e “Não Me Mandem Flores (1964), todos inferiores.
 
Curiosamente Rock Hudson passou anos escondendo a sua condição de homossexual da imprensa (por causa dos padrões hollywoodianos vigente com galãs), apesar das fofocas de bastidores, mas Doris Day tinha ciência disso, ela que ficou conhecida durante anos como a “eterna virgem” dos cinemas (pelos seus papéis inocentes e “muito família”), o apoiou até a sua morte. Rock Hudson morreu em outubro de 1985, por conseqüência de ser soropositivo e escancarou a sua vida numa biografia altamente reveladora, intitulada “Minha Vida”, cuja renda foi revertida para uma fundação que realizava pesquisas sobre a Aids (SIDA).
 
Marcos Souza é editor-chefe do Rondoniaovivo e mantém os blogs Nada a Declarar e Transcosmopolitanationmix.

 PROGRAMAÇÃO:

1. "O expresso de Xangai" (Shanghai Express, 1932) - Segunda (1), 20h

 2. "Juventude transviada" (Rebel without a cause, 1956) - Segunda (1), 21h25 

3. "Um dia de cão" (Dog day afternoon, 1975) - Terça (2), 20h

 4. "Diabo a quatro" (Duck soup, 1933) - Terça (2), 22h10

5. "O show deve continuar" (All that jazz, 1979) - Quarta (3), 20h

 6. "O que terá acontecido a Baby Jane?" (What ever happened to Baby Jane?, 1962) - Quarta (3), 22h10

7. "Rio vermelho" (Red river, 1948) - Quinta (4), 20h

 8. "Perseguidor implacável" (Dirty Harry, 1971) - Quinta (4), 22h15

9. "O ocaso de uma lenda" (This is Spinal Tap, 1984) - Sexta (5), 20h

10. "Vampiros de almas" (Invasion of the body snatchers, 1956) - Sexta (5), 21h30

11. "O barco – Inferno no mar" (Das boot, 1981) - Sábado (6), 20h

12. "O poderoso chefão" (The godfather, 1972) - Sábado (6), 22h30

13. "Os dez mandamentos" (The ten commandments, 1956) - Domingo (7), 20h

14. "Aventuras de Robin Hood" (Adventures of Robin Hood, 1938) - Domingo (7), 23h45

15. "Matar ou morrer" (High noon, 1952) - Segunda (8), 20h

16. "Confidências à meia-noite" (Pillow talk, 1959) - Segunda (8), 21h30

17. "Todos os homens do presidente" (All the president's men, 1976) - Terça (9), 20h

18. "Grande Hotel" (Grand Hotel, 1932) - Terça (9), 22h25

19. "Pacto de sangue" (Double indemnity, 1944) - Quarta (10), 20h

20. "A princesa e o plebeu"(Roman holiday, 1953) - Quarta (10), 21h55

21. "O enigma do outro mundo" (The thing, 1982) - Quinta (11), 20h

22. "Amargo pesadelo" (Deliverance, 1972) - Quinta (11), 21h55

23. "Agonia e glória" (The big red one, 1980) - Sexta (12), 20h

24. "O iluminado" (The shining, 1980) - Sexta (12), 22h

25. "O bom, o mau e o feio" (The good, the bad & the ugly, 1966) - Sábado (13), 20h

26. "Os doze condenados" (The dirty dozen, 1967) - Sábado (13), 22h50

27. "A marca da maldade" (Touch of evil, 1958) - Domingo (14), 20h

28. "Os pássaros" (The birds, 1963) - Domingo (14), 21h40

29. "A força do destino" (An officer and a gentleman, 1982) - Segunda (15), 20h

30. "Noivo neurótico, noiva nervosa" (Annie Hall, 1977) - Segunda (15), 22h10

31. "Meu amigo Harvey" (Harvey, 1950) - Terça (16), 20h

32. "Um dia em Nova York" (On the town, 1949) - Terça (16), 21h50

33. "A conversação" (The conversation, 1974) - Quarta (17), 20h

34. "Galante e sanguinário" (3:10 to Yuma, 1957) - Quarta (17), 21h55 

35. "O terceiro homem" (The third man, 1949) - Quinta (18), 20h

36. "No calor da noite" (In the heat of the night, 1967) - Quinta (18), 21h45 

37. "Tootsie" (Tootsie, 1982) - Sexta (19), 20h

38. "Se meu apartamento falasse" (The apartment, 1960) - Sexta (19), 22h

39. "Os irmãos Cara-de-Pau" (The Blues Brothers, 1980) - Sábado (20), 20h

40. "O selvagem" (The wild one, 1954) - Sábado (20), 22h15

41. "Por quem os sinos dobram" (For whom the bell tolls, 1943) - Domingo (21), 20h

42. "O sol é para todos" (To kill a mockingbird, 1962) - Domingo (21), 22h40

43. "Entre dois amores" (Out of Africa, 1985) - Segunda (22), 20h

44. "Cupido é moleque teimoso" (The awful truth, 1937) - Segunda (22), 22h45

45. "O planeta proibido" (Forbidden planet, 1956) - Terça (23), 20h

46. "Dr. Fantástico" (Dr. Strangelove or: How I learned to stop worrying and love the bomb, 1964) - Terça (23), 21h45

47. "A felicidade não se compra" (It's a wonderful life, 1946) - Quarta (24), 20h

48. "A roda da fortuna" (The band wagon, 1953) - Quarta (24), 22h15

49. "Spartacus" (idem, 1960) - Quinta (25), 20h

50. "Frankenstein" (Frankenstein, 1931) - Quinta (25), 23h10

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS