close
logorovivo2

MOMENTO LÍTERO CULTURAL

POR SELMO VASCONCELLOS

18 de Setembro de 2018 às 15:31

MOMENTO LÍTERO CULTURAL

FOTO: (DIVULGACÃO)

01-Coluna dedicada à ANA CASTRO – Biblioteca Francisco Meirelles - Porto Velho, RO - (Galeria dos Amigos do Momento Lítero Cultural).

 

02-ANIBAL BEÇA – Manaus, AM - EM  MEMÓRIA

De traje a rigor

os urubus em meneios

bailando nas nuvens.

 

03-RITA QUEIROZ – Porto Velho, RO.

SOLIDÃO

 

É um fenômeno que mexe com a gente tão devagarinho.

Que dói, machuca, entristece, desespera.

É um barco perdido num oceano de prantos.

É um mundo escuro e sem vida.

É esperança perdida.

É o cansaço da vida, não vivida.

É a fome é a sede. É a guerra,

é a projeção de um rosto num espelho quebrado,

é corpo sem alma

é um bagaço sem vida...

 

04-JAQUELINE SERÁVIA – São Paulo, SP.

GAIA

 

Terra mãe

útero gentil

acolhes em silêncio sagrado

a vagem irmã

que traz nos braços

segredos de genes

nos fertilizados grãos.

 

05-NILZA MENEZES – Porto Velho, RO.

Quando meu corpo não quer

é como se eu fosse vasculhada,

escancarada pro sol.

Depois fico como louça emborcada

no canto da pia

escorrendo gotinhas

como chuva nos dias de frio.

 

06-REGINA LYRA – João Pessoa, PB.

O TOQUE DAS MÃOS

 

Inútil querela.

Se certa mão não invadir

O corpo e o sentido,

Outra mão não vai permitir

Saber o toque daquela.

 

07-JEAN-PAUL MESTAS (ETERNO) – PARIS, FRANCE.

Contretemps

 

Nous avons attendu longtemps.

Les mouettes ne sont pás venues

ni l’allégresse des goyaves.

Il a fait froid

sur les roes sans pitié

où le sable a dicté sa loi

aux algues indécises

et aux coquillages claustrés

dans leur refuge hostile.

 

08-GILVÂNIA MACHADO – Natal, RN.

NOITE SONORA

 

Chove chuva

O anjo de Quintana

No meu telhado

 

09-JOSÉ AILTON FERREIRA “BAHIA” (SAUDOSO) – Porto Velho, RO.

Eu aqui torcendo para que

Não encontre no relógio

Motivos de sobra para partir.

 

10-FIDÉLIA CASANDRA – Campina Grande, PB.

REPENTINO

 

Não digas

Que vais me fazer feliz.

Posso te mandar

Para nos quintos...

Ou para o quarto.

 

11-LUIZ OTÁVIO OLIANI – Rio de Janeiro, RJ.

RESGATE

 

como posso resgatar

o que não existe em mim?

ao beijar a solidão

eu me dispo por inteiro

da escória que é o homem

na inútil tentativa

de ser Deus por um minuto

 

12-JANDIRA ZANCHI – Curitiba, PR.

ASPIRINAS

 

Me levem em

surdina e sem gritos

o leito perfumado

de aspirinas

 

13-BEATRIZ HELENA RAMOS AMARAL – São Paulo, SP.

digo-lhe aos olhos

como dois pássaros se conhecem

que a arvore deles deitou sombras

designando o pouso

 

14-JOSÉ INÁCIO VIEIRA DE MELO – Jequié, BA.

Do pó ao pó

 

Entre a poeira dos livros

e a poeira da estrada,

atravesso imaginários,

linhas tortas e vazios,

buscando sempre a origem.

 

15-SELMO VASCONCELLOS – Porto Velho, RO.

Sou a onda do mar

Você a areia da praia

Sempre te visitando

A maré!

Amar é!

 

16-LIVROS RECEBIDOS.

-MÁRCIA BARROCA (Rio de Janeiro, RJ) – desembrulhando o tempo – na chama rubra do erotismo celta, Poesia, 92 p., parthenon Centro de Arte e Cultura, Niterói, RJ, 2018.

-MAURA SOARES (Florianópolis, SC) – 7 Dias de Julho – Gênero poético, 176 p., Editora Papa-Livro, Florianópolis, SC, 2017.

 

MAIS COLUNAS

Selmo Vasconcellos

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS