close

Católica oferece “Bolsa Maturidade” com desconto de 50% nas mensalidades

Segundo a coordenadora do curso de Psicologia, a aposentadoria aponta uma nova fase de vida, que pode ser visualizada como “uma oportunidade de aprendizado”

ASSESSORIA FCR

30 de Novembro de 2019 às 09:27

Católica oferece “Bolsa Maturidade” com desconto de 50% nas mensalidades

FOTO: (Divulgação)

Qual é a idade certa para começar a primeira ou a segunda graduação?  Engajada como incentivadora e promotora do Ensino Superior na Amazônia, a Faculdade Católica de Rondônia (FCR), criou nesta semana a “Bolsa Maturidade”. A oportunidade, neste primeiro momento, será atender o público acima que tem 55 anos ou mais com interesse na graduação em Psicologia.

 

Estudos científicos comprovam que uma das capacidades do ser humano é o potencial para se desenvolver durante toda a vida. “Existem limitações oriundas do envelhecimento natural, no entanto, é possível adquirir e alcançar novos conhecimentos e objetivos sempre e não há, nesse caso, limitação alguma de idade”, destacou o reitor da FCR, Prof. Dr. Fabio Rychecki Hecktheuer, ao dar indicar o curso bacharelado em Psicologia, alvo da nova campanha da Instituição.

 

A FCR está ofertando uma bolsa de 50% de desconto real para quem se encaixa neste perfil até o fim do curso (10 semestres). O formato de ingresso é o tradicional: Processo Seletivo / Vestibular Agendado / Nota do Enem / Portador de Título ou Transferência.

 

PROPOSTA

 

Parafraseando a médica neurologista italiana, Rita Levi-Montalcini, a Profª Me. Samia Laise Manthey, coordenadora do curso de Psicologia destaca a iniciativa da FCR com a nova modalidade de bolsa que tem a proposta de aproximar a universidade da comunidade e estimular a troca de experiências entre as diferentes gerações de alunos. “Mais importante do que acrescentar anos à vida é acrescentar vida aos anos”.

 

Segundo a coordenadora, a aposentadoria aponta uma nova fase de vida, que pode ser visualizada como “uma oportunidade de aprendizado, realização de projetos, aprimoramento de habilidades, ou como período de crise, estagnação, ociosidade e perda de referenciais”.

 

DADOS

 

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE, 2018) aponta que no município de Porto Velho existe população idosa de 25.121 habitantes. Nós queremos que estas pessoas venham para a FCR realizar seus sonhos e transformar a realidade da comunidade onde vivem. Desta forma, continuaremos a investir no ensino de qualidade e ainda promoveremos qualidade de vida.

 

No Brasil, a primeira oferta de educação voltada para idosos aconteceu na década de 1970, por iniciativa do Sesc-SP. A partir de 1983, foram criados os primeiros cursos de extensão voltados à terceira idade, ligados ao movimento Universidade Aberta à Terceira Idade.

 

SERVIÇO

 

Para mais informações sobre o curso, basta acessar o site www.fcr.edu.br ou pelo WhatsAppp (9 9216-0337).

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS