close

Luciano Huck diz que não emprestou jato que buscou Lula na prisão

Aeronave do apresentador de TV faz parte de frota de companhia de táxi aéreo Icon Táxi Aérea e é fretada por ela a terceiros

EXAME

11 de Novembro de 2019 às 09:32

Luciano Huck diz que não emprestou jato que buscou Lula na prisão

FOTO: (Divulgação)

Em vídeo publicado em suas redes sociais na noite de sábado (9), o apresentador Luciano Huck explicou que, embora seja dono do jato que levou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de Curitiba a São Paulo, não foi ele quem emprestou a aeronave. De acordo com Huck, a aeronave faz parte da frota de uma parceira, a Icon Táxi Aérea, e é utilizada por ela em alugueis para terceiros.

 

Foi em jato da Icon, propriedade de Huck e de sua esposa Angélica, que Lula chegou a São Paulo, no sábado, depois de deixar a prisão em Curitiba. Lula foi solto na sexta-feira (8) após decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que voltou a restringir as prisões em segunda instância.

 

“Eu não dei carona no avião para o Lula, eu não emprestei avião nenhum pro Lula”, disse Huck, em sua publicação. “Eu tenho um sócio, a Icon Táxi Aéreo. E, quando eu não estou voando, o avião fica à disposição deles para fretamento. Em bom português, é para alugar o avião para ajudar a pagar as contas todas.”

 

A assessoria de imprensa de Huck, que confirma que a aeronave dele faz parte da frota do Icon, já havia informado mais cedo, no sábado, que a agenda de locação das aeronaves é de responsabilidade da empresa de fretamento.

 

 

“O voo de hoje [sábado] foi um voo fretado como qualquer outro”, continuou Huck em seu vídeo. “Qualquer especulação política em cima disso é maluquice nesse momento polarizado que vive o pais. O fato não passou de uma simples questão comecial.”

 

Após desembarcar em São Paulo, Lula seguiu para a sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo, onde discursou para militantes e fez críticas ao governo Jair Bolsonaro.

 

O apresentador de TV Luciano Huck é apontado como possível candidato a presidente em 2022. Em seu lugar na TV Globo, telespectadores especulam que o apresentador Celso Portiolli será contratado. A informação não foi confirmada e a história surgiu com vídeo divulgado em outubro de Portiolli na Rede Globo.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS