close

PERDEU: Suspeito de assalto atira em PMs e é morto com 2 tiros na cabeça

O caso aconteceu na manhã desta segunda-feira (28), em Tabatinga, a 1.108 quilômetros de distância de Manaus

EM TEMPO

29 de Outubro de 2019 às 14:37

PERDEU: Suspeito de assalto atira em PMs e é morto com 2 tiros na cabeça

FOTO: (Divulgação)

Um suspeito de assalto identificado como Davi Feliciano Grandes, de 22 anos, acabou morto com dois tiros na cabeça após atirar contra policiais militares durante uma perseguição. O caso aconteceu na manhã de segunda-feira (28), em Tabatinga, a 1.108 quilômetros de distância de Manaus (AM). 

 

De acordo com o 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM), por volta das 8h, o suspeito e um comparsa haviam assaltado uma distribuidora de gás, na rua General Sampaio, bairro Brilhante. A equipe policial recebeu a denúncia e as características da dupla, que fugiu em uma motocicleta.

 

A equipe do 8º BPM localizou os suspeitos na rua Almirante Tamandaré. "A dupla não obedeceu as ordens da guarnição e continuou em fuga. Os dois estavam armados, com a aproximação da viatura, abandonaram a moto e se separam, um deles acabou efetuando dois disparos contra os policiais, que reagiram conforme a lei", explicou um policial, que pediu anonimato. 

 

Material apreendido com o suspeito morto foi apresentado pelos policiais militares | Foto: Divulgação

 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado para prestar atendimento ao suspeito ferido. Davi ainda foi encaminhado para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Tabatinga, mas morreu. 

 

"Ele foi atingido com tiros perto do osso temporal. Comparsa infelizmente não foi alcançado e continua foragido", explicou o policial.

  

Com Davi, a polícia encontrou uma arma de fogo, calibre 38, com três munições intactas e duas munições deflagradas, além de dois celulares e uma quantia R$ 260. A motocicleta que os suspeitos usavam, uma Yamaha XTZ, de cor preta, apresentava restrição de furto. 

 

O material apreendido foi levado para a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Tabatinga, que investiga o caso.

 

O corpo de Davi foi conduzido para o necrotério do hospital do município onde deve aguarda a remoção de familiares.  

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS