close

LATROCÍNIO: Cadeirante morre baleado ao reagir a assalto em ônibus coletivo

Testemunhas que passavam na BR-020 ouviram barulho de dois tiros. Polícia procura um suspeito

METRÓPOLES

29 de Outubro de 2019 às 11:07

LATROCÍNIO: Cadeirante morre baleado ao reagir a assalto em ônibus coletivo

FOTO: (Divulgação)

Um cadeirante morreu durante assalto a ônibus na manhã desta terça-feira (29/10/2019), na BR-020, na região de Sobradinho, em Brasília. De acordo com informações das polícias Civil e Militar, a vítima, que era passageiro do coletivo, reagiu e foi alvejada por tiros de arma de fogo. O homem não resistiu e morreu no local. Testemunhas que passavam pelo local ouviram barulho de dois tiros. O suspeito não foi localizado.

 

De acordo com o delegado Hudson Maldonado, da 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho), a vítima tentou segurar o criminoso, momento em que foi baleada. “Infelizmente, confirmada a morte”, destacou o policial. Ele disse que o passageiro morto se chama Marcílio Pereira da Silva Neto, 57 anos.

 

Dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) apontam que, somente nos primeiros nove meses de 2019, foram registrados 1.209 roubos a transporte coletivo no Distrito Federal. A média é superior a quatro assaltos por dia. Na semana passada, um motorista que trabalhava na região do Sol Nascente, em Ceilândia, levou um tiro no rosto durante um roubo em plena luz do dia.

 

As câmeras de segurança do ônibus flagraram o momento em que Elson Ferreira, 29, foi baleado no dia 23 de outubro. Os bandidos entram no veículo no coletivo e logo atiram contra a vítima. Na imagem, é possível ver o clarão provocado pelo disparo. Segundos depois, o condutor perde o controle do veículo e bate em um muro de uma chácara, localizada no Sol Nascente, em Ceilândia. Três suspeitos foram presos, incluindo um adolescente de 15 anos e o irmão dele.

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS