close
logorovivo2

DISPAROS: Estudante é baleada dentro de escola

A menina foi socorrida e levada para o Hospital e Pronto Socorro Delphina Aziz

EM TEMPO

6 de Junho de 2019 às 11:40

DISPAROS: Estudante é baleada dentro de escola

FOTO: (Divulgação)

Uma estudante, que não teve o nome divulgado, foi baleada dentro da escola Estadual Professora Eliana Pacheco, rua Rio Arino, Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. O fato aconteceu na manhã desta quinta-feira (6). O disparo foi efetuado por outra aluna, de 15 anos.

 

De acordo com informações preliminares, a vítima foi socorrida e levada para o Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz, localizado também na Zona Norte. 

 

Um homem de 38 anos, que se identificou como professor de jiu-jitsu do programa mais educação, foi detido durante a ocorrência. Com ele, a polícia encontrou uma pistola calibre ponto 380. A aluna que realizou o disparo também foi detida.

 

De acordo com informações da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a arma foi encontrada com o professor no momento que os policiais realizavam buscas no local. 

 

"Conversamos com a aluna que fez o disparo e ela disse que a arma estava em um dos banheiros da unidade, mas não encontramos no local. Em seguida, ela disse que alguém já teria tirado a pistola do local. Quando estávamos saindo encontramos o professor com a arma na cintura e o prendemos", contou um policial.

 

 A adolescente, responsável pelo disparo, contou aos policiais que teria encontrado a arma no conjunto Viver Melhor e levou para a escola, mas que o tiro teria sido acidental. 

 

Professor se defende

 

O professor se defendeu da acusação e afirmou que tinha encontrado a arma e estava levando para a secretaria do colégio.

 

"Cheguei na escola e no quando fui pegar os alunos para começar a aula ouvimos os disparos. Depois começamos a procurar pela arma nos arredores da unidade. Acabei encontrado e coloquei na cintura, mas quando estava indo para a secretaria a polícia me prendeu", disse o professor. Ele acrescentou que não conhece a aula que foi baleada.

 

O homem foi levado para o 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e a adolescente para a Delegacia Especializada em Apurações de Atos Infracionais (Deaai).

 

A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) e aguarda um posicionamento sobre o caso.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS