close
logorovivo2

DESESPERO: Secretaria de Educação do AM emite nota desmentindo boato em redes sociais

As Polícias Civil e Militar foram acionadas para atender a ocorrência e acalmar a comunidade

REDAÇÃO

25 de Maio de 2019 às 08:53

DESESPERO: Secretaria de Educação do AM emite nota desmentindo boato em redes sociais

FOTO: (Divulgação)

Um boato nas redes sociais fez com que estudantes da escola estadual em tempo integral Tarcila Prado De Medeiros Mendes, na cidade amazonense de Humaitá, localizada a aproximadamente 204 quilômetros de Porto Velho (RO), fugissem das dependências da escola nesta última sexta-feira (24), em pânico.

 

Segundo Secretaria de Estado de Educação do Amazonas a dispersão de forma desesperada pelos alunos ocorreu após mensagens nas redes sociais de que uma pessoa estaria armada dentro da unidade escolar.

 

Um vídeo registrou o momento em que os estudantes saem correndo e gritando da escola.  As Polícias Civil e Militar foram acionadas. Os alunos foram dispensados e o caso está sendo investigado pelas autoridades competentes.

 

A SEDUC/AM emitiu uma nota, confira:

 

A Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc-AM) informa que não houve registro de entrada de aluno ou qualquer civil armado dentro das dependências do Centro de Educação em Tempo Integral Tarcila Prado De Medeiros Mendes, em Humaitá, nessa sexta-feira (24). Informa, ainda, que ocorreu dispersão de alguns alunos devido a boatos por meio de redes sociais, mas que não houve nenhum tipo de ocorrência na escola e, portanto, nenhum membro do corpo escolar ferido. Ainda assim, a gestão da Escola acionou as Polícias Civil e Militar para investigação das ameaças nas redes sociais e os alunos da instituição foram dispensados pelo resto do dia.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS