close
logorovivo2

VIOLÊNCIA: Prostituta marca programa por WhatsApp e é amarrada, estuprada e roubada

A jovem foi levada para uma rua escura, onde foi abusada sexualmente e, depois, abandonada em outro bairro

O LIVRE

2 de Maio de 2019 às 14:28

VIOLÊNCIA: Prostituta marca programa por WhatsApp e é amarrada, estuprada e roubada

FOTO: (Divulgação)

Uma garota de programa de 21 anos foi estuprada e roubada na madrugada desta quinta-feira (02), depois de marcar um programa por WhatsApp. A violência sexual aconteceu no Bairro Jardim Marialva, em Rondonópolis (220 km de Cuiabá, MT).

 

Conforme o boletim de ocorrência, o criminoso vinha mantendo contato com a vítima via WhatsApp há alguns dias e, nesta quinta-feira (02), marcou um programa com ela e a buscou por volta de 1h30, levando-a até uma rua escura do bairro Jardim Marialva, próximo a um supermercado.

 

No local, com uma faca e uma arma de fogo de cor escura nas mãos, o homem amarrou a jovem com uma braçadeira do estilo “língua de sogra”, utilizada normalmente para prender fios, e a estuprou.

 

Depois, o bandido a levou até próximo à Central de Cursos Técnicos (Cetec) São Lucas, no Bairro Paulista, também em Rondonópolis, e abandonou a jovem, levando o celular dela, R$ 70,00 e um “soco-inglês” que ela costumava carregar para se proteger.

 

A garota de programa conseguiu pedir ajuda a um amigo, que a levou para a casa e, juntos, os dois acionaram a Polícia Militar. Uma equipe encaminhou a vítima até uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA), onde ela ficou sob cuidados médicos.

 

Os policiais fizeram rondas em busca do criminoso, mas, até o registro da ocorrência, ele não foi encontrado.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS