close
logorovivo2

ABSURDO: Incomodado com som da TV, homem mata companheira

Mulher foi golpeada com uma facada no tórax durante discussão sobre defeito no aparelho

AGENCIA BRASIL

8 de Março de 2019 às 15:10

ABSURDO: Incomodado com som da TV, homem mata companheira

FOTO: (Divulgação/TV Globo)

A Polícia Militar de Minas Gerais registrou nesta sexta-feira, 8, em Belo Horizonte, a denúncia de que um homem matou a companheira por ter se irritado com o volume da televisão. Cleuber Elias Silva Santos, de 38 anos, esfaqueou o tórax de Lilian Maria de Oliveira, de 42 anos, com quem mantinha um relacionamento há cinco anos. O chamado foi registrado na primeira hora do Dia Internacional da Mulher.

 

Santos golpeou Lilian com a faca durante uma discussão. A vítima foi socorrida e levada ao Hospital João XXIII, mas não resistiu ao corte que atingiu a região próxima ao coração e morreu. Segunda a PM de Minas Gerais, o filho da vítima tentou evitar o ataque, mas ao entrar no quarto do casal a mãe já estava ferida. Rafael Lucas Cordeiro, de 22 anos, percebeu quando começou a briga e viu o momento em que o agressor, seu padrasto, foi do quarto do casal à cozinha para apanhar a faca utilizada no crime. Ao chegar no quarto, o filho viu o agressor empunhado a faca e a mãe ferida.

 

De acordo com o jovem, ele e seu irmão de 15 anos, que chegou em casa após Lilian ser esfaqueada, tentaram impedir a fuga do homem mas também foram agredidos. Os policiais, acionados por volta da meia-noite, conseguiram deter Santos, que confessou o assassinato e confirmou ter ficado impaciente com um defeito no som da televisão.

 

O agressor foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil do estado, que será responsável pela investigação do crime. Segunda a PM, a perícia criminal recolheu a faca, que teria sido jogada por Santos na pia da cozinha. Ele poderá ser enquadrado na Lei Maria da Penha e na Lei de Feminicídio.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS