close
logorovivo2

FAUNA LIVRE: PRF resgata 529 animais silvestres sendo comercializados ilegalmente

As multas aplicadas totalizaram quase 125 mil reais e dezesseis pessoas foram detidas na ação deflagrada pela PRF e pelo IBAMA no domingo (21)

ASSESSORIA

22 de Outubro de 2018 às 15:06

FAUNA LIVRE: PRF resgata 529 animais silvestres sendo comercializados ilegalmente

FOTO: (Assessoria)

A operação denominada Fauna Livre teve como objetivo o combate ao tráfico de animais silvestres, coibindo a criação e o comércio desses animais com ação pontual na maior feira livre do município de Feira de Santana, no bairro Estação Nova.

 

Por se tratar de local sensível, de difícil acesso para uma ação de combate à criminalidade e forte aglomeração de pessoas, foi empregado na operação efetivo policial com conhecimento técnico em manejo de fauna silvestre, os quais foram estrategicamente posicionados em diversos pontos no local da ação, a fim de flagrar e combater o tráfico de animais silvestres que estavam sendo vendidos ilegalmente.

 

Durante a ação, os policiais flagraram com os detidos grande quantidade de aves acondicionadas em gaiolas dispostas para comercialização, bem como apetrechos como sacolas para esconder as aves e alçapões usados para a captura das aves.

 

Entre as espécies resgatadas estão algumas conhecidas popularmente como trinca-ferro, cardeal, sofrê, papa-capim, bico de lata, guriatan, sabiá, papa-pimenta, coruja caboré, pássaro preto, sanhaçu, tico-tico, tiziu, coleiro, canário da terra, azulão, curió do brejo, mico estrela, além de um saíra 7 cores e dois periquitos, estando estes últimos na lista de animais ameaçados de extinção.

 

Os animais resgatados e os envolvidos foram encaminhados à Unidade Operacional da PRF de Feira de Santana, para os procedimentos cabíveis. A PRF lavrou os Termos Circunstanciados de Ocorrência, bem como promoveu uma ação de conscientização e educação ambiental. Já o IBAMA lavrou os autos de infração aplicando as multas administrativas que totalizaram R$ 124.500,00 (Cento e vinte e quatro mil e quinhentos reais).

 

Na base montada pela Ong Animallia na própria Unidade Policial, ocorreu a triagem e as aves foram separadas por espécimes, onde receberam os primeiros cuidados promovido por uma bióloga e uma veterinária com o apoio de estudantes do curso de medicina veterinária.

 

Os detidos responderão criminalmente de acordo com art. 29, da Lei 9.605/98 além de processo administrativo autuado pelo IBAMA. As aves foram encaminhadas ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) em Vitória da Conquista e, quando estiverem aptas, serão devolvidas ao seu habitat natural.

 

Sobre a operação, o Superintendente da PRF na Bahia, Inspetor Virgílio de Paula Tourinho, mencionou a importância do combate ao tráfico de animais.“O equilíbrio da natureza é essencial para manter a vida na Terra, especialmente quando falamos da nossa fauna. E ela é essencial para o nosso ecossistema e para a vida do nosso planeta”, frisou o Inspetor, destacando: “Não devemos caçar, aprisionar e/ou matar os animais silvestres. A maior herança, exemplo de vida e de respeito que poderemos deixar para os nossos filhos, netos, bisnetos e todas as futuras gerações, é a de que preservamos e cuidamos com carinho e atenção o meio ambiente”.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS