close
logorovivo2

FACÇÃO CRIMINOSA: Criminosos promovem mais incêndios a ônibus, carros e imóveis

Novos ataques ocorreram na noite de ontem em pelo menos oito cidades, todas no Sul do estado. Desde domingo, já são 25 cidades com ocorrências do mesmo tipo

EM.COM.BR

5 de Junho de 2018 às 10:08

FACÇÃO CRIMINOSA: Criminosos promovem mais incêndios a ônibus, carros e imóveis

FOTO: (Divulgação)

A noite de segunda-feira, segundo dia de ataques incendiários contra ônibus e carros em Minas Gerais, teve mais uma série de ocorrências que continuam desafiando as autoridades do estado. Há registros de crimes praticados em Varginha, Alterosa, Alfenas, Passos, Machado, Três Pontas, Itajubá e Ipuiuna, todas as cidades no Sul de Minas.

 

Segundo os dados mais recentes da Polícia Militar (PM), desde domingo, 40 pessoas foram conduzidas por suspeita de envolvimento na onda de ataques em Minas.



Ontem, as polícias Civil e Militar não descartaram a possibilidade de os ataques terem sido orquestrados por uma facção criminosa, mas ainda faltam explicações sobre a questão.
 

 

Varginha

Militares receberam informação de um incêndio em um veículo na Avenida Plínio Salgado. Quando chegaram ao local, se depararam com o fogo consumindo uma viatura do sistema prisional em uma oficina mecânica. Foi feito contato com o dono do estabelecimento e checagem das câmeras de segurança, que apontaram a presença de oito pessoas. Quatro pularam o muro e colocaram fogo no veículo, enquanto os outros quatro ficaram dando cobertura do lado de fora. A Polícia Militar conseguiu prender dois maiores em flagrante e também apreendeu menores de idade, todos confessando participação no crime.



Alterosa

 

Uma usina de reciclagem da cidade foi incendiada e o suspeito é um hoem que transitava pelo local com uma lanterna, que não foi localizado. A PM foi acionada pelo secretário de Meio Ambiente da cidade, que relatou o caso confirmado pelos policiais. Cerca de 100 fardos de papelão, com 4300 quilos cada um, estavam pegando fogo. Nesse caso, a ocorrência registrada pela PM traz informações que não apontam ligação entre o caso de Alterosa e uma possível ação orquestrada por facção criminosa. O secretário de Meio Ambiente da cidade disse estar convicto que se trata de um incêndio criminoso, mas motivado por questões políticas, uma vez que a usina já vinha sendo alvo de depredações e todo o material reciclado seria comercializado ainda essa semana. O responsável teria aproveitado a onda de ataques para tentar mascarar a real intenção.

 

Alfenas



O motorista de um ônibus da empresa Alfetur relatou que foi abordado por seis homens, alguns armados, que ordenaram a saída de todas as pessoas que estavam dentro do coletivo. Um coquetel molotov foi atirado para dentro do ônibus, causando um incêndio que foi controlado posteriormente pelo Corpo de Bombeiros e danificou parte da estrutura interna.

 

Passos

 

1) O condutor de um coletivo que transportava funcionários de uma empresa privada relatou que seguia pela Rua Pirapora quando se deparou com seis homens, todos aparentando ser menores de idade. Eles carregavam galões de combustível e pelo menos um deles estava armado. O grupo mandou todo mundo sair do coletivo e ateou fogo, fugindo em direção ao Bairro Santo Antônio. Até o momento não há identificação dos autores.


2)Em Passos, também houve registro de um incêndio em um carro a serviço da Cemig. O veículo foi queimado na Rua das Amoras, Bairro Jardim Califórnia. Os funcionários estavam no local pra restabelecer a energia elétrica onde um ônibus tinha sido incendiado. Ninguém ficou ferido.


Machado

 

Motorista e cobradora de um ônibus da empresa São Benedito relataram que foram abordados no Bairro Vila Formosa por dois homens, sendo um deles armado e o outro munido com um galão com cerca de cinco litros de gasolina. Eles ordenaram a saída de todos que estavam dentro do ônibus e colocaram fogo. Os funcionários do coletivo relataram a presença de um carro acompanhando os criminosos, informação crucial para que a Polícia Militar conseguisse prender duas pessoas apontadas pelo crime. Os militares visualizaram o veículo em câmeras de segurança de um posto próximo e fizeram os devidos levantamentos, chegando até a residência de duas pessoas que foram presas.

 

Três Pontas
 

Carro de agente penitenciário foi danificado com incêndio em Três Pontas(foto: Equipe Positiva/Divulgação)


Um agente penitenciário relatou que estava em casa por vonta das 23h40 de ontem quando escutou um barulho de líquido sendo jogado no chão. Quando ele olhou pela janela, percebeu que seu carro, parado na porta de casa, estava em chamas. O fogo foi controlado por ele, com ajuda dos familiares. Testemunhas informaram a presença de dois autores com uma pedra e galão de combustível para cometer o crime. 
 

 

Araxá

 

1) Um jovem de 19 anos foi preso após ser reconhecido como autor de um incêndio a ônibus registrado às 22h de segunda-feira na Rua Agnelo Vieira Alves, no Bairro Ana Pinto de Almeida. Segundo a PM, o motorista do coletivo que fazia a linha Urciano Lemos/Vila Silvéria disse que um homem encapuzado e com o rosto coberto por um pano embarcou armado com uma faca e obrigou todos os ocupantes a sair. Em seguida, um outro homem arremessou uma garrafa com gasolina, em chamas, no coletivo. O motorista conseguiu apagar o incêndio usando um extintor, evitando que o veículo fosse totalmente destruído. O rastreamento continua para localizar o segundo envolvido.

 

 

2) Às 23h, um carro foi incendiado no Bairro Novo Santo Antônio. O proprietário, que seria agente penitenciário, contou que o veículo estava estacionado na rua e uma vizinha avisou sobre o incêndio, que foi apagado com ajuda de uma mangueira. O carro apresentou vários danos. Os autores do crime não foram localizados. 
 

 

Uberaba

Câmeras de segurança de um dos coletivos ajudaram a PM a prender dois homens em Uberaba ontem(foto: Reprodução da internet/WhatsApp)


Dois homens foram presos suspeitos de incendiar dois coletivos na noite de segunda-feira. O primeiro caso ocorreu no Bairro José Bernardino. De acordo com a PM, uma testemunha disse que os autores haviam fugido em um carro prata e repassou a placa. Enquanto faziam rastreamento, chegou a denúncia de que outro coletivo havia sido parado entre os bairros Isabel do Nascimento e Residencial Rio de Janeiro, mas o motorista e moradores conseguiram apagar as chamas antes que elas se alastrassem.

 

A PM conseguiu localizar o carro na entrada do Residencial Rio de Janeiro com as portas destrancadas e, dentro dele, havia uma mangueira que pode ter sido usada para manipular combustível. A polícia também teve acesso às imagens das câmeras de segurança do segundo coletivo, o que contribuiu para que dois envolvidos fossem encontrados no Bairro Recreio dos Bandeirantes. Conforme a PM, ambos negaram participação nos crimes e que fossem os donos do carro. Além disso, disseram que não poderiam falar quem são os autores para não sofrer represálias. 

 

Tupaciguara

 

No município do Triângulo Mineiro, um incêndio danificou três veículos e parte do prédio da rodoviária, que fica no Bairro Tiradentes, na madrugada desta terça-feira. A Polícia Militar (PM) foi chamada por um vigilante às 3h35 informando que um ônibus estava pegando fogo. As chamas se alastraram para outros dois veículos da mesma empresa. As chamas ficaram altas e também queimaram parte do teto, telhado e quebraram várias janelas do imóvel. O fogo foi combatido com ajuda de caminhões-pipa do Departamento de Água da prefeitura de Tupaciguara e de uma usina de álcool do município. Os bombeiros de Araguari fizeram o rescaldo. Ainda de acordo com a PM, um vigilante da rodoviária disse ter visto três homens saindo da rodoviária de bicicleta e olhando para trás pouco antes do incêndio. A polícia ainda está à procura dos criminosos. O trecho da rodoviária atingido pelas chamas foi isolado. 

 

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS