close
logorovivo2

Piloto faz pouso de emergência por conta de flatulências de passageiro

Mesmo após reclamações, a equipe não tomou nenhuma providência em relação ao caso.

DIÁRIO DE PERNAMBUCO

20 de Fevereiro de 2018 às 14:48

O piloto de uma aeronave da companhia aérea Transavia Airlines foi obrigado a realizar um pouso de emergência devido a um passageiro que se recusava a parar de soltar flatulências. Isso mesmo: o passageiro não parava de solta puns! O caso aconteceu em um voo que saiu de Dubai (Emirados Árabes) para Amsterdã (Holanda).

 

Mesmo após reclamações de outros passageiros, principalmente aqueles que dividiam o corredor com o tal homem, a equipe de comissários de bordo não tomou nenhuma providência em relação ao caso. Só foi feito algo em relação à situação quando um dos passageiros sentado ao lado do homem resolveu começar uma discussão. Só então, o piloto fez um pouso de emergência no aeroporto de Viena, na Áustria, para que policiais locais resolvessem o problema.

 

Após o ocorrido, duas irmãs e os dois homens foram retirados da aeronave. As duas garotas, que afirmam não ter nada a ver com a discussão, decidiram entrar na justiça contra a companhia aérea, reclamando que não fizeram nada de errado para serem convidadas a se retirar da aeronave e perder o voo. “Eles às vezes pensam que todos os marroquinos causam problemas?”, comentou a mulher ao jornal britânico Metro.

 

Nenhum dos quatro passageiros foi preso, mas eles não puderam retornar à aeronave. Em nota oficial, a companhia aérea disse que os membros da equipe devem evitar problemas dentro de voos: “Nossa equipe deve garantir um voo seguro. Quando os passageiros colocam riscos, eles imediatamente intervêm. Nossas pessoas são treinadas para isso. Eles sabem muito bem onde estão os limites”.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS