close
logorovivo2

Homem casado que estava em transição para o corpo de mulher decide voltar atrás

James e Eirian foram em 2009 para a Jamaica para se casar, onde seguiram em frente e tiveram suas duas filhas

PAINEL POLÍTICO

19 de Fevereiro de 2018 às 14:37

Homem casado que estava em transição para o corpo de mulher decide voltar atrás

FOTO: (Divulgação)

Em janeiro de 2017, James Cohen, pai de duas meninas, disse à esposa Eirian que queria transicionar para viver sendo uma mulher . Conhecida posteriormente como Kara, ela começou a tomar hormônios para começar a transição. Em julho, sete meses depois da decisão, ela resolveu que não queria continuar e voltou atrás, sendo chamado agora como Jim.

 

Segundo informações do “Daily Mail”, aos 36 anos, Jim mora atualmente em Portugal com as filhas, Seren, de 8 anos, e Electra, de 7, e a ex-esposa, que tem um novo marido. Apesar da separação, o casal da Inglaterra continuou vivendo juntos como melhores amigos, também pagando juntos pelo início da transição e pelo tratamento hormonal de Kara.

 

Hoje, Jim se identifica como gênero fluido, e Eirian confirma que o ex-marido nunca esteve tão feliz. “Jim escondeu seus sentimentos femininos por toda a vida e, apesar de se vestir como uma mulher no ano passado, ele não estava totalmente feliz”, diz ao jornal.

 

Destransição

 

James e Eirian foram em 2009 para a Jamaica para se casar, onde seguiram em frente e tiveram suas duas filhas. Até então, Eirian descrevia seu marido como “homem macho, um cavalheiro”, mas admite que já suspeitava de algo escondido: “Em nosso casamento, ele ficou obcecado pelo meu vestido e queria experimentar”.

 

Eirian afirma que, no começo, foi um choque quando seu marido há oito anos contou que seria Kara. Depois, foi um choque ainda maior para a mulher quando ele decidiu reverter todo o processo. Jim parou de usar a peruca loira, vestidos e salto altos e passou a deixar a barba crescer. Mesmo assim, a ex-esposa continuou a apoiar incondicionalmente o pai de suas filhas e está escrevendo o livro “Passion for Freedom” (Paixão por Liberdade, em uma tradução livre do inglês), que será publicado no dia 12 de março deste ano.

 

De acordo com Eirian, as filhas aceitaram a transição do pai, pois não ligam se ele tem uma peruca loira ou uma barba, “afinal, não são nascidas com preconceitos”. Apesar de mensagens de trolls na internet, eles recebem muitas mensagens positivas e a amizade entre os dois continua a crescer.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS