close
logorovivo2

'Faltou pai e mãe em casa', diz pai de vítima sobre atirador de Goiânia

Pai de garoto morto pelo adolescente em escola de Goiânia crítica ausência dos pais do agressor.

DA REDAÇÃO

21 de Outubro de 2017 às 09:08

'Faltou pai e mãe em casa', diz pai de vítima sobre atirador de Goiânia

FOTO: (Divulgação)

O adolescente João Pedro Calembo, de 14 anos, será a primeira vítima do ataque no Colégio Goyases a ser enterrada. O corpo do garoto está sendo velado desde a madrugada deste sábado (21/10), no Cemitério Parque Memorial de Goiânia. Indignado com o caso, o pai da vítima, Leonardo Marcati Caleno, classificou como "a ausência dos pais" na criação do atirador.  

João Pedro foi morto dentro da sala de aula pelo colega de turma, que pegou a arma da mãe, uma policial militar, e atirou contra os estudantes. Leonardo afirmou que os pais do menino poderiam ter evitado a tragédia. "Faltou pai e mãe em casa. Isso é resultado de uma família desestruturada. A presença dos pais na vida dos filhos é fundamental", afirmou Leonardo, bastante emocionado.

O enterro de João Pedro está marcado para as 10 horas de hoje. A segunda vítima, João Vitor Gomes, deve ser enterrada às 11 horas.
 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS