close
logorovivo2

Terremoto atinge Grécia e Turquia e deixa mortos

Até o momento, duas mortes foram confirmadas

DA REDAÇÃO

21 de Julho de 2017 às 14:11

Terremoto atinge Grécia e Turquia e deixa mortos

FOTO: (Divulgação)

Um turista sueco, de 27 anos, e um turco, de 39, morreram na madrugada desta sexta-feira na ilha grega de Kos, no Mar Egeu, abalada por um forte terremoto que também causou importantes danos materiais e deixou mais de 100 feridos na região.

O abalo sísmico, de 6,7 graus de magnitude, atingiu o sudoeste da Turquia e as ilhas gregas do Dodecaneso, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O Observatório de Atenas classificou o sismo, que teria sido de magnitude 6, como "muito forte". 

O tremor ocorreu à 1h31 (19h31 de Brasília), e seu epicentro foi situado 10,3 quilômetros ao sul de Bodrum, um famoso balneário turco, e a 16,2 quilômetros de Kos, a uma profundidade de 10 quilômetros.

Segundo um fotógrafo da AFP, várias pessoas se dirigiam para o aeroporto por volta das 4h (horário de Brasília), com a intenção de deixar a ilha.

O porta-voz do governo grego, Dimitris Tzanakopoulos, declarou que, à exceção do porto de Kos, fechado para o tráfego, a situação vai-se recuperando. "A situação na ilha parece perfeitamente sob controle, e temos o retorno à normalidade", declarou a televisão estatal ERT. "O aeroporto funciona, e as estradas se encontram em bom estado. Não há danos mais graves nas casas, ou nos prédios", acrescentou. 

As cinco pessoas que ficaram mais gravemente feridas foram levadas para o Hospital de Heraklion, em Creta. "As pessoas continuam preocupadas, mas a tranquilidade volta progressivamente", relatou uma fonte policial grega.

Segundo os bombeiros, um bar funcionava no prédio que desmoronou no centro da cidade. Um helicóptero com seis membros dos serviços de emergência saiu da ilha vizinha de Rodes para Kos, a fim de ajudar na retirada das pessoas presas sob os escombros do bar. O número de feridos passa de 120, revelou o secretário da Marinha Mercante, Nektarios Santorinios.

Tremores frequentes

Turquia e Grécia estão situadas em uma falha geológica e sofreram vários terremotos nos últimos anos.

Em 12 de junho, uma pessoa morreu na ilha grega de Lesbos por um sismo de magnitude 6,3. O abalo foi sentido tanto em Atenas, quanto em Istambul.

"O arquipélago do Dodecaneso, onde ficam Rodes e Kos, é muito sísmico. Em 1993, um forte sismo em Kos deixou 200 mortos. Por sorte, hoje se pode controlar", comentou o sismólogo Gerassimos Papadopoulos, advertindo que as réplicas podem durar algumas semanas.

Em 17 de agosto de 1999, um terremoto de mais de 7 graus na escala Richter na região de Esmirna arrasou amplas zonas do noroeste da Turquia, matando 17 mil pessoas.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS