close
logorovivo2

Mulher é indenizada após “perder a virgindade” em exame médico

O noivo não acreditou na versão da moça e terminou o relacionamento. Ela disse nunca imaginar que seria tratada daquela forma

PAINEL POLÍTICO

6 de Abril de 2017 às 08:33

Mulher é indenizada após “perder a virgindade” em exame médico

FOTO: (Divulgação)

Uma mulher “perdeu a virgindade” enquanto estava em uma cadeira para exames ginecológicos em Novosibirsk, na Sibéria. De acordo com o Siberian Times, ela teve o hímen rompido quando realizava um procedimento, mesmo tendo avisado à médica de que nunca havia tido relações sexuais.

Ela entrou na Justiça e conseguiu uma indenização de cerca de R$ 2,5 mil. Ao portal, a jovem afirmou que sentiu muita dor enquanto a técnica era realizada. Mesmo tendo visto sangue na luva da médica, esta afirmou que tudo estava bem. Porém, sua desconfiança a fez procurar uma clínica, onde confirmou que o hímen havia sido quebrado.

A mulher desejava casar virgem. Porém, após saber que ela tinha o hímen rompido, o noivo desconfiou que algo pudesse ter acontecido e, por isso, terminou o relacionamento. Essa foi a principal razão dela ter buscado indenização. “No dia seguinte, fiquei acordada a noite toda e não conseguia parar de chorar. Nunca esperei ser tratada de forma tão horrível”, disse a mulher.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS