close
logorovivo2

Após operação, artistas de forró estão proibidos de ostentar

A ordem partiu dos empresários, apreensivos com a investigação que tem como alvos, não só as bandas, mas também empresas na área de shows e eventos. O grupo Aviões do Forró já está sendo investigado por fraudes no imposto de renda.

DA REDAÇÃO

21 de Outubro de 2016 às 10:14

Após operação, artistas de forró estão proibidos de ostentar

FOTO: (Divulgação)

Depois de deflagrada a operação da Polícia Federal, batizada de For All, ficou proibida a ostentação entre os artistas do mundo do forró e do sertanejo. Nada de fotos em redes sociais ostentando viagens milionárias, carrões e mansões, comum nos perfis de artistas desse segmento.

A ordem partiu dos empresários, apreensivos com a investigação que tem como alvos, não só as bandas, mas também empresas na área de shows e eventos. O grupo Aviões do Forró já está sendo investigado por fraudes no imposto de renda.

A operação For All investiga esquemas de lavagem de dinheiro, sonegação e fraude no Imposto de Renda. A estimativa preliminar já identificou mais de R$ 300 milhões em valores não declarados. A Justiça Federal também decretou o bloqueio de imóveis e a apreensão de veículos pertencentes a pessoas investigadas.

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS