close
logorovivo2

Religiosos e artistas entram em guerra com sexo gay em novela

Religiosos e artistas entram em guerra com sexo gay em novela

DA REDAÇÃO

6 de Julho de 2016 às 17:46

Religiosos e artistas entram em guerra com sexo gay em novela

FOTO: (Divulgação)

 A contagem regressiva já começou. Em 10 dias, a TV Globo exibirá uma cena histórica. Pela primeira vez uma novela brasileira - Liberdade, liberdade - exibirá uma cena de sexo gay. Os personagens André (Caio Blat) e Tolentino (Ricardo Pereira) vão protagonizar a relação carnal após meses de romance clandestino. O namoro entre os dois rapazes não está causando confusão apenas na ficção. Na vida real, à medida que a veiculação da cena vai se aproximando, vai crescendo também o clima de animosidade entre os religiosos mais radicais e os artistas que defendem a liberdade criativa e de orientação sexual.

Boicote

Um grupo de religiosos fundamentalistas lançou uma campanha de boicote à novela, acusando a TV Globo de ser "satanista". Uma postagem nas redes sociais diz que está na hora de parar de assistir à TV Globo. "No dia 12 o demônio agirá por meio desta emissora, que transmitirá cenas de sexo gay numa de suas novelas", afirma a campanha lançada pelo grupo Paraclitus. A organização tem por finalidade "difundir, defender e imbuir os leitores do espírito cristão através da internet". A página do grupo no Facebook tem quase dois milhões de seguidores.

VEJA TAMBÉM:

Ex - cantora diz que marido pastor era envolvido em pedofilia

Os organizadores da página argumentam que "qualquer cena de sexo deveria ser proibida em rede aberta de televisão. Mas, como isso não acontece, eles empurram, como sempre fizeram. E querem empurrar mais uma para o povo brasileiro. Uma nação cristã não pode se calar diante desta promoção de atos abomináveis aos olhos do nosso Deus", dizem. E complementam com o clássico "Deus ama o pecador, mas abomina o pecado".

A campanha chegou até o ator Mateus Solano. Ele, que entrou para a história da TV ao protagonizar o primeiro beijo gay em uma novela da Globo, reprovou o boicote. Usando seu Twitter, o ator foi sucinto nas palavras, mas deu seu recado: "Amor x igreja... até quando?", questionou, levando seus seguidores a debaterem o assunto à exaustão.

O ator Caio Blat, que interpreta na trama o sensível André, prefere não entrar em polêmicas, mas não deixou de emitir uma opinião profissional sobre a discussão. Em entrevista ao jornal Extra, Caio disse estar honrado e orgulhoso pela oportunidade. Para ele, a sociedade está suficientemente madura para tratar de assuntos que no passado eram considerados tabus. "Estamos prontos para falar mais abertamente sobre homossexualidade na TV", garante.

O diretor da novela, Mário Teixeira, também se pronunciou. De acordo com ele, amor e desejo não têm sexo. "É um amor de um homem por outro, mas podia ser de um homem por uma mulher. Para mim, sinceramente, não tem diferença", encerra.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS