close
logorovivo2

Último procurado da Operação Custo Brasil se entrega à PF

O advogado teria movimentado R$ 7 milhões destinados à Paulo Bernardo.

DA REDAÇÃO

27 de Junho de 2016 às 09:17

Último procurado da Operação Custo Brasil se entrega à PF

FOTO: (Divulgação)

SÃO PAULO — O advogado Guilherme Gonçalves, suspeito de ser um dos intermediários da propina ao ex-ministro Paulo Bernardo, se entregou neste domingo à Polícia Federal em São Paulo. Ele é o último dos onze alvos da Operação Custo Brasil que tiveram a prisão decretada a ser preso. O advogado estava em Portugal quando a PF realizou a operação na quinta-feira.

De acordo com as investigações, Gonçalves tinha a responsabilidade de receber as vantagens indevidas destinadas ao ex-ministro no esquema da Consist. Nesta segunda-feira, às 14h, ele será ouvido pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6.ª Vara Federal Criminal de São Paulo.

O advogado teria movimentado R$ 7 milhões destinados à Paulo Bernardo. Ele teria criado um “Fundo Consist” que pagou, segundo as investigações, contas do ex-ministro e da senadora Gleisi Hoffmann.

VEJA TAMBÉM: Comissão ouve esta semana últimos depoimentos da defesa de Dilma

 

 

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS