close
logorovivo2

Reforma em triplex que seria de Lula custou R$ 777 mil

Reforma em triplex que seria de Lula custou R$ 777 mil

DA REDAÇÃO

28 de Janeiro de 2016 às 09:46

Reforma em triplex que seria de Lula custou R$ 777 mil

FOTO: (Divulgação)

O engenheiro da Talento Construtora, Armando Dagre, disse ao Ministério Público que “praticamente refez" o triplex do condomínio Solaris, no Guarujá – imóvel que pode ser do ex-presidente Lula. A reforma foi contratada pela OAS e custou R$ 777 mil, segundo o engenheiro. As informações são do O Estado de S.Paulo.

A nova fase da operação, deflagrada ontem (27), investiga lavagem de dinheiro com a compra de empreendimentos imobiliários no litoral paulista. A Polícia Federal apura se imóveis que pertenciam à cooperativa Bancoop e foram transferidos para a empreiteira OAS foram usados como repasse de propina.

Armando Dagre disse que o contrato com a OAS incluía novo acabamento, a construção de uma nova piscina, mudança da escada e instalação de elevador privativo – só esse custou R$ 62,5 mil. Armando disse que não teve contato com Lula, mas sim com a ex-primeira dama, Marisa Letícia.

“Estava reunido com o representante da OAS no apartamento, quando Marisa adentrou com um rapaz e dois senhores”, disse no depoimento. Os acompanhantes eram Fábio Luiz – filho do casal -, um engenheiro da OAS e o dono da empreiteira, Léo Pinheiro – já condenado na Lava Jato a 16 anos de prisão.

A promotoria também interrogou o zelador José Afonso Pinheiro. Ele disse que viu o ex-presidente no apartamento.

Lula admitiu através de nota publicada pelo Instituto Lula, que possuiu uma participação na cooperativa Bancoop – empresa que com graves problemas de caixa, repassou o empreendimento para a OAS – mas que esta participação já foi declarada ao Fisco em 2006.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS