close
logorovivo2

Cunhado é suspeito de matar e enterrar garoto em lavoura

O corpo de Matheus Isaque Tesch, de 14 anos, foi encontrado na manhã de sexta-feira (28) enterrado em uma lavoura de Vera Cruz

DA REDAÇÃO

29 de Novembro de 2014 às 11:33

Cunhado é suspeito de matar e enterrar garoto em lavoura

FOTO: (Divulgação)

O corpo de Matheus Isaque Tesch, de 14 anos, foi encontrado na manhã de sexta-feira (28) enterrado em uma lavoura de Vera Cruz, cidade do interior do Rio Grande do Sul. O garoto estava desaparecido desde o dia 20 de novembro. O cunhado, casado com a irmã da vítima, é o principal suspeito do crime.

Segundo a polícia, o caso lembra a morte do menino Bernardo Boldrini, de 11 anos,encontrado enterrado em um matagal de Frederico Westphalen, também no interior gaúcho em abril. 

O corpo do garoto foi localizado após a confissão de um dos suspeitos de envolvimento no crime. Ele apontou o local onde o corpo havia sido enterrado, em Linha Rebentona, quase na divisa com Candelária. O cunhado e um outro homem estão presos.

O suposto comparsa disse à polícia que participou do crime e, além de revelar onde o corpo estava enterrado, deu detalhes do assassinato. Ele disse que o adolescente foi asfixiado no banco de trás do carro do cunhado e depois, enterrado. Para a família, o cunhado disse que havia encaminhado o adolescente a uma clínica psiquiátrica.  O local e o homem indicado como o último a ter visto Matheus com vida, no entanto, não existem.

O caso é semelhante ao do menino Bernardo que, em abril deste ano, foi achado enterrado em um matagal após dez dias desaparecido. Até agora, quatro pessoas estão presas suspeitas do crime: o pai da criança, o médico Leandro Boldrini, a madrasta, a enfermeira Graciele Ugulini, além de uma amiga dela, a assistente social Edelvânia Wirganivicz e o irmão de Edelvânia, Evandro Wirganovicz. A assistente social foi quem apontou onde o menino estava enterrado.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS