close
logorovivo2

Pastor Batista é preso por pregar contra a homossexualidade

No ato da prisão do pastor, militantes do partido da presidente Dilma e simpatizantes do movimento gay, manifestaram apoio à prisão do pastor.

DA REDAÇÃO

7 de Novembro de 2014 às 09:57

Pastor Batista é preso por pregar contra a homossexualidade

FOTO: (Divulgação)

Um vídeo mostra o pastor da Igreja Batista em São Paulo, sendo supostamente preso, por pregar contra o homossexualismo.

No ato da prisão do pastor, militantes do partido da presidente Dilma e simpatizantes do movimento gay, manifestaram apoio à prisão do pastor.

Dilma apoia 

Um dos temas abordados em campanha pela presidente Dilma, seria a luta pela aprovação do PL 122/2013, que torna a homofobia crime  caso seja aprovada, poderá levar milhões de brasileiros à cadeira, caso manifestem contrariedade ou preguem contra o homossexualismo, como é o caso deste pastor em São Paulo.

PL 122

Dois dias depois de vencer as eleições, a presidente Dilma Rousseff, falou em entrevista ao "SBT Brasil", afirmando que irá defender, no seu segundo mandato, a regulação econômica da mídia e se empenhará na aprovação do projeto de lei 122/2013, que torna a homofobia crime.

“Darei integral apoio a isso [a criminalização da homofobia]. Acho que essa é uma medida civilizatória. O Brasil tem que ser contra a violência que vitima a mulher, a violência que, de forma aberta ou escondida, fere os negros, que são maioria da população. E contra a homofobia, porque isso é, de fato, uma barbárie”, afirmou a presidenta.

MAIS NOTÍCIAS

PRIMEIRA PÁGINA
RONDONIAOVIVO TV
DESTAQUES EMPRESARIAIS
PUBLICAÇÕES LEGAIS
COLUNAS